Nintendo Notícias Switch

A Nintendo Switch e o Caso Invulgar de RiME

RiME é um jogo de aventuras e resolução de puzzles na terceira pessoa que está a ser desenvolvido pela Tequilla Works. O jogo tem lançamento agendado para o próximo dia 26 de Maio no PC, PS4 e Xbox One e no verão para a Nintendo Switch, no entanto na nova consola da Nintendo ele será 10€ mais caro.

Quando uma nova consola é lançada para o mercado os gamers sabem muito bem que vão gastar algum dinheiro. Foi isso que aconteceu com a Switch, a consola da Nintendo não é propriamente barata e o preço dos acessórios não ajuda.

Apesar disso milhões de jogadores decidiram dar o seu voto de confiança à companhia e compraram a nova Switch. Aos poucos os jogos começam a chegar à plataforma e naturalmente espera-se sempre que os exclusivos Nintendo sejam de preço mais elevado e que os jogos independentes sejam mais “amigos da carteira”.

É isto que tem acontecido, por exemplo jogos como o novo Zelda custam os habituais 69,99€ enquanto um título independente como o Fast RMX ou o Shovel Knight possuem preços mais acessíveis. Felizmente existe o mercado independente de videojogos para nos tornar a vida um pouco mais fácil.

No entanto recentemente o “caso RiME” tem dado que falar e colocado a Tequilla Works na mira da fúria dos jogadores da Switch. Na raiz do problema encontra-se uma diferença de preços entre o jogo nas outras plataformas e na Switch. RiME vai custar 29.99€ no PC, PS4 e Xbox One e 39.99€ na nova consola da Nintendo.

São 10€ a mais que os jogadores da Switch vão ter de pagar e como é óbvio eles não estão nada satisfeitos com a diferença de preço. Alguns especulam que os custos de uma versão para a Nintendo Switch poderão ser mais elevados, porém tendo em conta a arquitectura da consola ter sido pensada tendo em conta precisamente a facilidade de desenvolvimento, esta parece uma situação pouco provável.

Outra teoria defende que a diferença de preço poderá ser explicada pelo facto da Nintendo Switch usar cartuchos e os mesmos terem custos de fabrico mais elevados do que por exemplo os discos Blu-ray. Esta última parece-nos uma justificação mais plausível mas que pode ser facilmente contornada por companhias com recursos limitados ao lançarem para a Switch apenas as versões digitais dos seus jogos em vez das físicas.

Tudo isto não seria um problema caso a Tequilla Works tivesse esclarecido os gamers, no entanto a companhia limitou-se a enviar para a Eurogamer apenas uma FAQ sobre a versão do jogo na Switch e afirmou apenas que estabelece os preços dos seus jogos baseado nos custos de desenvolvimento e publicação dos mesmos para cada plataforma.

Ou seja, eles informaram que os custos de desenvolvimento são maiores na versão da Switch e como tal o preço é mais elevado, mas não esclareceram se isto se deve por exemplo: à adição de conteúdo adicional exclusivo à versão da Switch; se está relacionado com a utilização das novas funcionalidades da consola ou se o problema são mesmo os custos de produção dos cartuchos.

A resposta deixou alguns gamers desconfiados e a recearem que este aumento de preço seja apenas “porque sim” numa tentativa de aproveitar uma nova consola numa fase inicial de introdução ao mercado e lucrar um pouco mais com isso.

Nós não sabemos a verdadeira razão por detrás da diferença de preço, o que sabemos é que a Nintendo dá liberdade às companhias para elas estabelecerem os seus preços e que a sua única regra é que o preço da versão física seja igual ao da versão digital.

Neste momento só existe uma certeza: os jogadores da Switch vão pagar mais 10€ por RiME.

Diogo Mota

Diogo Mota

Editor-Chefe em Gaming Portugal
O Diogo é o organizador, todo o conteúdo do website passa de uma forma ou de outra pelas suas mãos, ele certifica-se que os padrões de qualidade são sempre altos e se a Gaming Portugal é hoje uma máquina relativamente bem oleada, isso acontece em grande parte graças ao seu trabalho.
Diogo Mota
Advertisements

Também poderás gostar de:

A Gaming Portugal Recomenda

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Política de Privacidade & Cookies

Este site (tal como todos os outros) utiliza cookies. Ao navegares na Gaming Portugal estarás a consentir a sua utilização.