Jogos Indie PC

Aaru’s Awakening: Uma Experiência Artística Promissora

Aaru's Awakening: Uma Experiência Artística Promissora

[toggle title=”Informação Geral Sobre o Jogo”]

NOME DO JOGO: Aaru’s Awakening

CRIADORES: Lumenox Games

ESTADO: em desenvolvimento…

Campanha Steam Greenlight: Lumenox: Aaru’s Awakening

Demo: Sim
[/toggle]

Existem jogos que são obras de arte interativas, talvez a melhor forma de os descrever seja dizendo que eles são uma espécie de “poesia em movimento“. Por exemplo o Okami que ganhou recentemente uma versão em HD nas consolas é um deles, recordo-me também do Bastion que se enquadra nessa categoria e títulos como Limbo, Brain ou Botanicula, todos eles são mais do que meros videojogos. É precisamente nesta linha de qualidade que se encontra o Aaru’s Awakening, uma experiência artística promissora que dificilmente poderá ser ignorada por todos aqueles que apreciam trabalhos realmente criativos.

Aaru’s Awakening está a ser desenvolvido pela Lumenox Games, uma pequena companhia independente com base em Reykjavík (Islândia). Por incrível que pareça ela é composta apenas por cinco elementos, mas isso não lhes impediu de darem forma ao que parece ser um belíssimo videojogo com um enorme potencial.

[tabs tab1=”A Equipa”]

[tab]

  • Agust Kristinsson – Diretor De Arte
  • Burkni Óskarsson – Chief Financial Officer
  • Ingthor Hjalmarsson – Diretor Criativo
  • Jonatan Brusch – Animação
  • Tyrfingur Sigurdsson – Chief Technical Officer

[/tab]
[/tabs]

O primeiro protótipo de Aaru’s Awakening ganhou no Natal passado uma competição para criadores de videojogos independentes que teve lugar na Islândia. Na altura apenas Ingthor Hjálmarsson e Tyrfingur Sigurdsson se encontravam a trabalhar no jogo durante os seus tempos livres.

O reconhecimento foi importante e no início do Verão a Lumenox Games foi criada e juntarem-se à equipa os restantes elementos. Começou assim a nascer Aaru’s Awakening, um jogo que apesar de ainda se encontrar nos seus estágios iniciais de desenvolvimento já é um dos títulos independentes mais promissores que nós vimos este ano.

Aaru’s Awakening
Sublime trabalho artístico separa este jogo da concorrência…

Um dos aspectos que me deixou mais impressionado quando vi este jogo foi a qualidade do trabalho artístico. Aaru’s Awakening é sem dúvida um regalo para os olhos, aliás na primeira vez que joguei o demo passei grande parte do meu tempo apenas a desfrutar do “quadro” interativo que estava à minha frente. Lumenox que é também o nome do mundo fantástico onde decorre à ação do jogo, tem um estilo único e certamente diferente da maior parte dos videojogos que tenho visto este ano.

Como se isso não bastasse todo o conceito do jogo é sólido e transmite-nos a ideia de que a equipa de desenvolvimento sabe o que está a fazer. No jogo nós controlamos Aaru que é também conhecido como o campeão do amanhecer, uma criatura estranha mas majestosa que é uma espécie de cruzamento entre um macaco e uma ave que possui poderes extraordinários.

Aaru's Awakening
Aaru é o estranho e majestoso protagonista desta aventura…

O equilíbrio entre o amanhecer, o dia, o anoitecer e a noite foi comprometido, uma ameaça maléfica diferente de tudo o que aquele mundo já viu aproxima-se perigosamente e a única esperança é o campeão Aaru. A jogabilidade é a clássica de um jogo de plataformas 2D com muitos saltos e obstáculos para ultrapassar, contudo existem alguns “twists” que o tornam interessante. Aaru não é um campeão por acaso, ele possui alguns poderes, como é o caso de uma investida poderosa que lhe permite destruir rochas e a habilidade de se teletransportar.

A ideia do teletransporte está muito bem aplicada, basicamente o que fazemos é disparar uma bola com o botão direito do rato e com o esquerdo podemos aparecer instantaneamente no local onde a bola se encontra. Ora isto permite alguns momentos de jogabilidade super-divertidos e muito originais que exigem do utilizador um certo nível de perícia.

Aaru's Awakening-3
A mecânica de teletransporte torna a jogabilidade divertida e desafiante…

É importante realçar mais uma vez que estamos perante um jogo que se encontra nos estágios iniciais do seu desenvolvimento, o que significa que há muito trabalho pela frente e que a versão final será bem melhor do que o demo atual. Apesar disso é inegável que estamos perante um título que pode crescer muito e conquistar o seu espaço no mercado de jogos independentes.

Aaru’s Awakening é uma ideia sólida e um projeto que merece o apoio de todos nós na sua campanha Steam Greenlight. Não é todos os dias que damos de cara com um trabalho artístico desta qualidade, é verdade que a jornada ainda só agora começou para a Lumenox Games mas não poderia ter começado melhor.

[sws_grey_box box_size=”595″] Se estás a desenvolver um jogo independente ou se achas que nós deveríamos dar destaque no Gaming Portugal a um determinado videojogo, então envia-nos um email em geral [arroba] gamingportugal.com ou visita o nosso fórum oficial e deixa-nos lá a tua sugestão. [/sws_grey_box]

Diogo Mota

Diogo Mota

Editor-Chefe em Gaming Portugal
O Diogo é o organizador, todo o conteúdo do website passa de uma forma ou de outra pelas suas mãos, ele certifica-se que os padrões de qualidade são sempre altos e se a Gaming Portugal é hoje uma máquina relativamente bem oleada, isso acontece em grande parte graças ao seu trabalho.
Diogo Mota
Advertisements

Também poderás gostar de:

A Gaming Portugal Recomenda

 

Deixe um comentário

Política de Privacidade & Cookies

Este site (tal como todos os outros) utiliza cookies. Ao navegares na Gaming Portugal estarás a consentir a sua utilização.