Notícias

Far Cry 3: Checkpoints e Armas Encravadas De Volta?

Far Cry 3: Checkpoints e Armas Encravadas De Volta?

Far Cry é uma série de jogos de sucesso, mas se é verdade que praticamente todos os gamers gostaram da primeira edição, o mesmo não aconteceu na segunda. De uma ilha paradisíaca o cenário passou para as paisagens africanas, todavia a condução em excesso, os checkpoints irritantes dos inimigos, bem como o facto das armas encravarem frequentemente, levou a que o jogo fosse algo de muitas críticas. A má notícia é que isso tudo pode voltar na terceira edição, a boa notícia é que caso isso venha a acontecer, tudo será diferente e melhor.

Acho que todos aqueles que jogaram Far Cry 2 concordam comigo quando eu digo que armas encravadas; grandes percursos de condução; checkpoints de inimigos que só nos faziam perder tempo; bem como um carro que avaria frequentemente, são aspectos negativos que não deixam saudades. Não me interpretem mal, Far Cry 2 foi um bom jogo…mas aqueles problemas…

Na E3 deste ano o Far Cry 3 foi uma surpresa agradável e só o facto de estarmos de volta a uma ilha já merece a nossa atenção. No entanto recentemente Jamie Keen (Designer-Chefe) disse à Videogamer.com que os checkpoints estão de volta e que tudo é possível:

“Os checkpoints, nós estamos a tentar resolver os problemas. Não nos estamos propriamente a tentar livrar de elementos da jogabilidade.”

No que diz respeito às armas encravadas, avarias no carro e outros aspectos irritantes da segunda edição ele diz:

“Isto é tudo muito discutível, são aspectos que vão dividir as pessoas. Nós estamos a avaliar como seria possível integrar estes elementos sem cometer erros do passado e de forma a que eles sejam realmente um contributo para o jogo. Se isso não acontecer, então certos elementos podem não ser considerados apropriados”

Ou seja, a Ubisoft para já não quer descartar nada e de facto existem formas de incorporar até os elementos mais irritantes de Far Cry 2 na terceira edição, sem que estes prejudiquem a experiência de jogo. Se bem que armas encravarem em FPS’s talvez seja um pouco de realismo a mais, quer dizer, já basta elas encravarem na vida real.

Fonte: Videogamer.com

Diogo Mota

Diogo Mota

Editor-Chefe em Gaming Portugal
O Diogo é o organizador, todo o conteúdo do website passa de uma forma ou de outra pelas suas mãos, ele certifica-se que os padrões de qualidade são sempre altos e se a Gaming Portugal é hoje uma máquina relativamente bem oleada, isso acontece em grande parte graças ao seu trabalho.
Diogo Mota
Advertisements

Também poderás gostar de:

A Gaming Portugal Recomenda

 

Deixe um comentário

Política de Privacidade & Cookies

Este site (tal como todos os outros) utiliza cookies. Ao navegares na Gaming Portugal estarás a consentir a sua utilização.