Artigos 1

GTA V: Petições na Austrália Dão Que Falar

GTA V: Petições na Austrália Dão Que Falar

A violência nos videojogos é uma temática complexa, o medo de alguns pais é compreensível e recentemente na Austrália uma petição conseguiu que o GTA V fosse retirado da Target. A petição afirma que o GTA V é um jogo doente que encoraja os jogadores a cometer violência sexual e a matar mulheres, a mesma petição foi assinada por quase 49 mil pessoas e talvez seja um exagero.

Tentar retirar o GTA V das prateleiras das lojas é como tentar tirar os filmes pornográficos das lojas, pode acontecer com uma ou outra loja mas os produtos vão continuar disponíveis noutros locais.

Vamos banir tudo o que forem imagens violentas dos telejornais; vamos remover tudo o que sejam séries de televisão ou filmes que possuem violência; já agora que tal acabar com tudo o que forem músicas que apelam à violência ou videoclips que sejam sexualmente sugestivos? Esperem lá, a Bíblia também é violenta, que tal removê-la das lojas também?

Foi precisamente esta última questão que um grupo de gamers australianos fizeram e numa tentativa – que diga-se de passagem foi bem sucedida – para demonstrar que a petição que pediu a remoção do GTA V era absurda, eles pediram a remoção da Bíblia exatamente pelas mesmas razões. A petição já vai com mais de 58 mil apoiantes.

Isto não significa que os pais não devem ter receio da violência nos videojogos, eles podem e devem receá-la porque de facto ela está presente nos videojogos. Mas o que é certo é que a solução é muito simples, tal como nós não compramos filmes pornográficos para as nossas crianças porque eles são feitos para adultos, não devemos comprar o GTA V para elas porque também ele é um produto direcionado para adultos.

Paulo Figueiredo

Paulo Figueiredo

Editor em Gaming Portugal
O Figueiras é um elemento fundamental do Gaming Portugal e a figura mais respeitada da equipa. A sua vida atarefada e cheia de responsabilidades impede-o de acumular uma posição de maior destaque, embora mesmo se tivesse essa oportunidade o mais certo era ele recusá-la. A sua participação no Gaming Portugal é motivada principalmente pelo gosto por gaming e dá-lhe um prazer especial saber que nesta casa a “independência” é uma característica definidora.
Paulo Figueiredo

Últimos posts por Paulo Figueiredo (exibir todos)

Também poderás gostar de:

A Gaming Portugal Recomenda

 

1 Comentário

  • Responder
    João Sousa
    11 de Dezembro de 2014

    já agora tirem também os video da Rihanna, Miley Cyrus, Beyoncé, shakira entre muitas outras/outros.. e não deixem fazer concertos (nem entrar no país) se forem, talvez vão fazer violência sexual com os fãs… ophá que estupidez…. em vez de se preocuparem com coisas mais importantes, preocupam-se com “joguitos” “filmezitos” “musiquinhas” entre outras coisas…

    preocupem-se com o meio ambiente, a união entre os paises, e com a ciencia, e deixem as pessoas divertirem-se, e outros a ganharem dinheiro como bem querem e entendam

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Política de Privacidade & Cookies

Este site (tal como todos os outros) utiliza cookies. Ao navegares na Gaming Portugal estarás a consentir a sua utilização.