Jogos Indie PC

Indie Report: Pavilion é Diferente e Fascinante

O mundo dos videojogos é dominado pelos grandes colossos e pelas companhias que gastam milhões em publicidade para os seus videojogos. Mas ao final do dia muitas destas companhias limitam-se a repetir fórmulas que pouco ou nada surpreendem e que demasiadas vezes deixam os gamers desiludidos. No entanto se tu procuras realmente por experiências de jogo habilmente concebidas, nada pretensiosas mas cheias de potencial, é no mercado independente de videojogos que as vais encontrar e Pavilion poderá ser uma delas.

O jogo da Visiontrick Media é uma aventura na quarta pessoa com muitos elementos de resolução de puzzles pelo meio. O jogo é descrito como sendo na “quarta pessoa” porque em Pavilion nós não controlamos o protagonista, pelo contrário interagimos com o ambiente que o rodeia para indirectamente o manipularmos e guiarmos através do mundo e dos inúmeros puzzles.

É um conceito interessante e simples cuja jogabilidade se fundamenta na boa observação e experimentação. Não existe um tutorial ou qualquer tipo de explicação inicial, Pavilion limita-nos a colocar no meio de um mundo misterioso e cabe-nos a nós descobrirmos qual é o próximo passo.

Toda a ação decorre num mundo belíssimo cuja arte foi toda ela desenhada à mão, o que confere ao jogo um visual único “polvilhado” de originalidade. Junte-se a isto uma banda sonora de sonho e o jogo transforma-se numa experiência áudio-visual que realmente se consegue destacar.

Pavilion é simples, relaxante e vai fazer-te puxar pela cabeça. Para além disso o jogo parece estar a ser bem recebido pelos gamers cuja principal crítica é a falta de suporte para o rato num jogo onde essencialmente nós controlamos um cursor, o que não deixa de ser estranho.

O “developer” por sua vez já reagiu à crítica e afirmou que eles têm trabalhado numa versão do jogo compatível com o rato, no entanto em certas partes do jogo a utilização do rato simplesmente não está a funcionar como eles queriam e daí a decisão de o lançarem sem o suporte ao mesmo.

Neste momento a forma ideal para se jogar Pavilion é com um comando, porém nós acreditamos que eventualmente o suporte para o rato chegará e o jogo só beneficiará com isso.

Diogo Mota

Diogo Mota

Editor-Chefe em Gaming Portugal
O Diogo é o organizador, todo o conteúdo do website passa de uma forma ou de outra pelas suas mãos, ele certifica-se que os padrões de qualidade são sempre altos e se a Gaming Portugal é hoje uma máquina relativamente bem oleada, isso acontece em grande parte graças ao seu trabalho.
Diogo Mota

Últimos posts por Diogo Mota (exibir todos)

Também poderás gostar de:

A Gaming Portugal Recomenda

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

nineteen − sixteen =

Política de Privacidade & Cookies

Este site (tal como todos os outros) utiliza cookies. Ao navegares na Gaming Portugal estarás a consentir a sua utilização.