Notícias PC

Jogos da Digital Homicide Removidos da Steam

Jogos da Digital Homicide Removidos da Steam

A Digital Homicide é uma pequena companhia independente que tem sido tópico de conversa nos últimos tempos devido à sua atitude perante críticas negativas. No passado mês de Março a companhia decidiu processar (por 10 milhões de dólares) um critico de videojogos chamado Jim Sterling porque……bom, essencialmente porque achou as suas críticas demasiado excessivas.

Como se esse processo um tanto ou quanto ridículo não bastasse, seguiu-se um processo do co-fundador da companhia de nome James Oliver Romine Jr, que visa 100 utilizadores anónimos da Steam devido a comentários inapropriados, ataques pessoais, injúrias e muito mais.

Sejamos francos, se todas as companhias que são vítimas de comentários excessivos por parte de jogadores na Internet decidissem processá-los, então os tribunais não teriam capacidade para responderem a tanto trabalho.

É importante reconhecer que os gamers de PC são particularmente intensos, eles não têm receio de demonstrar o seu descontentamento e são até capazes de ser impiedosos. Os jogos da Digital Homicide de facto não têm qualidade e provavelmente nem mereciam estar na Steam, mas o que é verdade é que eles estiveram disponíveis na mais popular plataforma de distribuição digital do planeta até há muito pouco tempo.

O problema é que a Digital Homicide não foi capaz de suportar o “feedback” negativo e não foi capaz de lidar com os excessos de alguns gamers protegidos pelo relativo anonimato da Internet. Pelo contrário eles decidiram processar primeiro um crítico de videojogos e praticamente “abriram a porta” aos excessos e insultos de gamers revoltados com o sucedido. A gota de água foi no entanto o processo a utilizadores da Steam, algo que a Valve simplesmente não parece disposta a tolerar e daí a remoção dos jogos da companhia da sua plataforma.

O processo a utilizadores Steam não terá efeito para quem esteja fora dos Estados Unidos, contudo os visados que residem no país poderão ter de responder em tribunal caso o processo tenha pernas para andar. Porém é pouco provável que a Valve deixe os seus utilizadores sem uma protecção legal “blindada”, especialmente tendo em conta o historial da Digital Homicide.

Parece que a companhia poderá estar prestes defrontar a Valve em tribunal, aliás a Digital Homicide já reagiu à retirada do seu catálogo na Steam e promete uma acção legal. Se pelo menos esta companhia se esforçasse tanto a criar videojogos de qualidade como se esforça para tentar processar aqueles que a criticam, isto nunca teria acontecido.

Marcio Olival

Marcio Olival

Editor em Gaming Portugal
O Márcio é uma das forças editoriais da Gaming Portugal, ele também faz um pouco de tudo mas a sua preferência reside nos artigos de opinião. Regra geral ele não é comedido nas palavras, porém em vez de optar pela dureza extrema ele opta quase sempre pelo sentido de humor.
Marcio Olival

Últimos posts por Marcio Olival (exibir todos)

Também poderás gostar de:

A Gaming Portugal Recomenda

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

two × 1 =

Política de Privacidade & Cookies

Este site (tal como todos os outros) utiliza cookies. Ao navegares na Gaming Portugal estarás a consentir a sua utilização.