Artigos

LHSchiptunes: A Arte dos Chiptunes

LHSchiptunes: A Arte dos Chiptunes

O Chiptune é um estilo musical com o qual a maior parte dos gamers é capaz de se relacionar. Apesar da chamada “era de outro” dos chiptunes ter sido durante os anos 80 e até principio dos 90, a sua marca no mundo do gaming foi tal que ainda hoje ele é um estilo popular que tem ganho cada vez maior protagonismo graças ao ressurgimento dos videojogos de 8 e 16 bits modernos que pretendem captar a magia de um passado glorioso.

Uma chiptune é escrita em formatos de som cujos efeitos sonoros são sintetizados em tempo real por um computador ou uma consola de jogos que gera sons caraterísticos de títulos antigos. Se tu por acaso és um gamer “old school” então este é o estilo musical que ouviste em todos aqueles jogos que marcaram a tua infância. Regra geral estes chiptunes estão intimamente relacionados à música de videojogos, no entanto algumas composições modernas ultrapasssaram essa barreira e transformam-se em músicas de culto.

Existem muitos artistas que se dedicam à criação de chiptunes e a maior parte deles vive na obscuridade, é que apesar das chiptunes nos acompanharem durante várias gerações e serem utilizadas muitas vezes noutros géneros musicais, normalmente elas só são populares e conhecidas por um grupo pequeno de pessoas que naturalmente se dedicam ao gaming.

Existe no entanto um artista cujo trabalho se destacou de todos os outros, um artista que ultrapassou a barreira do simples chiptune e criou composições complexas que ficaram imediatamente registadas nas memórias de quem as ouviu. Ele chama-se “LHSchiptunes” e talvez muitos de vocês nunca tenham ouviram falar deste nome, mas para quem é gamer de PC e de vez em quando faz “os seus downloads”, dificilmente estas melodias não serão familiares.

[sws_grey_box box_size=”595″] A música de cima é uma das composições mais famosas do LHSchiptunes, uma melodia polvilhada de nostalgia e com um toque artístico sem paralelo. [/sws_grey_box]

A verdade é que as músicas do “LHSchiptunes” têm sido usadas por grupos de warez que normalmente as colocam nos seus instaladores. Foi por essa razão que em pouco tempo elas se tornaram muito famosas, embora os gamers na maior parte das vezes não fizessem ideia de quem seria o seu criador legítimo. O reconhecimento veio portanto do local mais improvável, mas hoje quem fez ou faz os seus ocasionais downloads de videojogos de certeza que já ouviu o trabalho do LHSchiptunes que, diga-se de passagem, é sublime.

Desde já é importante realçar que a música do “LHSchiptunes” é legítima e embora muitas das suas melodias se tenham tornado num género de “hino da liberdade” associado à pirataria de videojogos, as duas devem ser separadas e não podem ser confundidas. As músicas nada têm a ver com o ato de piratear videojogos, elas são simplesmente as melodias escolhidas por esses grupos para colocarem nos seus instaladores e nesta medida ninguém os pode censurar por terem bom gosto.

[sws_grey_box box_size=”595″] O grupo de warez RELOADED utilizou esta e outras músicas do LHSchiptunes. A de cima transformou-se num sucesso instantâneo levando inúmeros gamers de todo o mundo a pesquisarem pelo autor na esperança de encontrarem mais trabalhos seus. Felizmente ele tem um canal no Youtube que todos podem e devem subscrever.  [/sws_grey_box]

Recentemente o Gaming Portugal teve a oportunidade de falar com o “LHSchiptunes” e em baixo tu podes ler a entrevista.

1.  O mundo das chiptunes é fascinante. Quando é que tu começaste a fazer parte dele e o que te levou a criar as tuas próprias chiptunes?

Eu sempre gostei de chiptunes desde que era uma criança. Lembro-me de uma situação específica quando eu era pequeno em que usei um gravador de cassetes, segurei-o frente à TV e gravei a música do Mega Man 3 da Nintendo NES. Desta forma podia ouvir a música mesmo quando não estava a jogar o jogo. Quando eu era criança não era muito musical, joguei o el-guitar durante cerca de um ano mas larguei-o devido a falta de interesse e nunca compus nenhuma música na minha guitarra.

Comecei a criar chiptunes em 2001, estudei outros módulos (chiptunes) e aprendi a partir daí e com a minha própria experimentação que envolveu também muitos falhanços. Nunca tive lições de música relacionadas com isto. Eu também costumava ouvir as músicas dos instaladores dos diferentes grupos de warez e gostei de muitas delas. Acabei por ficar inspirado e tentar criar a minha música e foi assim que tudo começou.

2. Tu és obviamente um músico e as tuas melodias são únicas. Não estamos a falar do chiptune comum mas sim de composições complexas e impressionantes que se destacam. Quando tempo levas a criares uma destas músicas?

Obrigado pelo elogio! O tempo que demoro a criar uma chiptune varia. Às vezes pode demorar apenas algumas horas, noutras alturas eu posso demorar um mês inteiro. Quando demoro muito tempo a criar uma música isso acontece porque eu fico com preguiça e trabalho muito devagar.

[sws_grey_box box_size=”595″] Se a história do gaming tivesse uma banda sonora, então tenho poucas dúvidas de que muitas das músicas do LHSchiptunes fariam parte dela. Elas captam a irreverência e originalidade dos anos de ouro em que o gaming cresceu para se tornar naquilo que é hoje. [/sws_grey_box]

3. Quais são as tuas principais fontes de inspiração quando crias uma melodia?

A minha maior inspiração é o feedback positivo que recebo sobre a minha própria música. Fico muito satisfeito por saber que as pessoas gostam da minha música, portanto é uma grande inspiração para que eu continue a fazê-la. Outras inspirações podem ser outras músicas, até porque de vez em quando eu faço remixes, mas normalmente quando crio uma música trabalho a partir da minha própria inspiração.

4. A tua música tornou-se bastante popular em grande parte porque grupos de warez começaram a usá-la nos seus instaladores. Mas apesar de um grande número de gamers já a ter ouvido, a maior parte deles não faz sequer ideia de quem é o criador. Como é que te sentes com isso? Presumo que deva ser um pouco invulgar?

Sim, eu espero que a maior parte das pessoas que oiçam a minha música saibam que sou eu que a faço. Eu naturalmente prefiro que a minha música seja creditada porque desta forma é mais fácil identificar quem a fez. Mas no geral não acho que isso seja um problema. Nos dias que correm o Youtube é tão popular que eu envio a música para o meu canal, portanto espero que as pessoas a encontrem sem grandes problemas. Para além disso também identifico os meus ficheiros, por isso se alguém for capaz de extrair a música do instalador, eles serão capazes de saber quem a fez.

[sws_grey_box box_size=”595″] Porque também é um gamer que cresceu a ouvir muitas chiptunes, o LHSchiptunes parece ter desenvolvido uma sensibilidade única para a sua criação. Os seus arranjos são por vezes inesperados e surpreendem-nos, torna-se difícil esquecer as suas músicas depois de as ouvirmos. [/sws_grey_box]

5. Tu és um gamer? Quais são os teus videojogos favoritos?

Sim, eu jogo videojogos quase todos os dias. Também coleciono jogos, por isso compro tudo o que quero jogar de preferência com uma caixa e manual. Jogo títulos muito diferentes, recentemente acabei o Rayman Legends na PS3 e estou atualmente a jogar o Killzone Mercenary para a PS Vita.

Os meus jogos favoritos de todos os tempos são os antigos jogos de aventuras da Lucas Arts e da Sierra. Títulos como o Monkey Island, o Leisure Suit Larry e o Police Quest. Tenho grandes memórias desses jogos, mas também sou apreciador de retro gaming, especialmente dos jogos antigos de PC e Nintendo NES. A minha primeira consola foi a Nintendo NES.

6. Ainda estás a criar chiptunes? Há planos para o lançamento de novas melodias para breve?

Claro, ainda estou a fazer música e não tenho planos para parar. Algumas novas músicas deverão sair em breve, se tudo correr bem dentro de um mês. 🙂

[sws_grey_box box_size=”595″] A composição de cima é uma das mais recentes e novamente vez ele volta a surpreender. Para acompanhares de perto o trabalho do LHSchiptunes não te esqueças de subscrever o seu canal oficial no Youtube. [/sws_grey_box]

Se por acaso já ouviste alguma destas músicas e tal como tantos outros gamers te questionaste sobre quem seria o autor delas, então eu espero que este artigo e entrevista esclareçam todas as tuas dúvidas. Para nós é um prazer enorme desfrutar do trabalho do LHSchiptunes e algumas das suas músicas vocês vão poder ouvir nos nossos próprios vídeos no canal oficial do Gaming Portugal no Youtube.

Se gostas e tens amigos que também são apreciadores de chiptunes não te esqueças de partilhar este artigo e as músicas nas redes sociais, vamos pelo menos garantir que na cena de gaming nacional o LHSchiptunes tem o reconhecimento que merece.

Paulo Figueiredo

Paulo Figueiredo

Editor em Gaming Portugal
O Figueiras é um elemento fundamental do Gaming Portugal e a figura mais respeitada da equipa. A sua vida atarefada e cheia de responsabilidades impede-o de acumular uma posição de maior destaque, embora mesmo se tivesse essa oportunidade o mais certo era ele recusá-la. A sua participação no Gaming Portugal é motivada principalmente pelo gosto por gaming e dá-lhe um prazer especial saber que nesta casa a “independência” é uma característica definidora.
Paulo Figueiredo

Últimos posts por Paulo Figueiredo (exibir todos)

Também poderás gostar de:

A Gaming Portugal Recomenda

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Política de Privacidade & Cookies

Este site (tal como todos os outros) utiliza cookies. Ao navegares na Gaming Portugal estarás a consentir a sua utilização.