Nintendo

NX: O Futuro Próximo da Nintendo

NX: O Futuro Próximo da Nintendo

Na semana passada os gamers foram informados de algo que já sabiam há algum tempo. A Nintendo tem uma nova consola na calha com o nome de código “NX”, sobre a qual se sabe pouco mas que muitos acreditam ser a plataforma da Nintendo que finalmente será capaz de rivalizar com as suas principais concorrentes PS4 e Xbox One.

A companhia aproveitou também para revelar que a consola não será apresentada durante a E3, mas sim numa data posterior dentro do corrente ano. Outra das grandes novidades foi a de que o muito esperado “The Legend of Zelda” já não será um exclusivo da Wii U mas será lançado tanto para a Wii U como para a NX, estando ambas as versões do jogo a serem desenvolvidas em paralelo.

sdddssdds
The Legend Of Zelda já não será esclusivo da Wii U…

A notícia foi recebida com reacções mistas, por um lado uma nova consola de jogos é sempre uma boa notícia, pelo outro a Nintendo parece estar a demarcar-se da Wii U e os grandes fãs da consola receiam que a sua “morte” seja precoce. Este último é um sentimento compreensível, todavia não nos podemos esquecer que de certa forma a aposta da Nintendo na Wii U não foi bem sucedida visto a consola nem sequer estar no mesmo patamar onde se encontram a PS4 e a Xbox One.

A Wii U foi a continuidade da aposta na inovação, contudo ao contrário da sua antecessora o nível de inovação não foi o suficiente para ofuscar as suas limitações de hardware. Embora a Wii U seja de facto uma das melhores consolas do mercado pela sua simplicidade, catálogo de jogos de enorme qualidade e fiabilidade, a realidade é que a nova geração de jogos está na PS4 e Xbox One.

gdfgfddgfgfd
Poderá a Nintendo abandonar a Wii U mais cedo do que era suposto?

Há por parte dos fãs da Nintendo um receio generalizado que a companhia abandone a Wii U mais cedo do que era suposto. Na minha opinião e para já, embora esse seja um receio aceitável, não me parece que isso aconteça assim tão cedo. Aliás o facto de a Nintendo ter apostado na sua plataforma digital com a “eShop” poderá garantir que o fluxo de lançamento de novos jogos continue a um bom ritmo na Wii U mesmo com o lançamento de uma nova consola. Talvez a maior parte dos grandes títulos da Nintendo (nomeadamente aqueles que forem mais poderosos do ponto de vista gráfico) passem a ser lançados apenas na NX quando a mesma chegar ao mercado, mas todos os outros poderão ser lançados em simultâneo nas duas consolas.

É claro que ao final do dia tudo vai depender da compatibilidade do hardware das duas consolas até porque se os criadores de jogos tiverem um trabalho adicional para lançarem também o jogo na Wii U, então certamente vão optar apenas pela NX. Apesar disso e tendo em conta o potencial da Wii U para o mercado mais casual de gamers e mediante uma baixa de preço, a Nintendo poderá aproveitar estrategicamente a consola sem que isso signifique um grande investimento para a companhia.

Mas coloquemos de parte os receios e aproveitemos para pensarmos um pouco no que o futuro próximo da Nintendo nos reserva.

Não sabemos muito sobre a NX, pelo que por esta altura podemos apenas falar sobre o que parecem ser as intenções da Nintendo neste momento. O que parece ser cada vez mais uma certeza é a aposta da Nintendo nas plataformas móveis, aliás o lançamento da Miitomo – primeira aplicação da Nintendo para smartphones e tablets já chegou a mais de 10 milhões de utilizadores únicos em todo o mundo – prova isso mesmo. Quem sabe, com a NX a companhia poderá apostar numa integração forte com as plataformas móveis e mesmo que isso não aconteça o que é certo é que a Nintendo parece decidida em apostar nessa área.

dfggdfgdfgfd
A eShop continuará a ser muito relevante…

Também me parece que a aposta da plataforma digital da Nintendo será maior do que alguma vez foi na NX. À semelhança do que se vê na Steam no PC, tanto a Nintendo como a Sony ou a Microsoft já perceberam que esse é o caminho a seguir. Temos visto evoluções nesse sentido, na Nintendo a “eShop” tem vindo a ganhar protagonismo e a registar números muito bons. Parece provável que a companhia continue a dar destaque à sua plataforma de distribuição digital e acima de tudo – tal como escrevi em cima – ela irá ajudar a que a Wii U continue relevante apesar da quebra de vendas que ela irá sofrer.

A retrocompatibilidade também é muito importante para os jogadores da Nintendo. Mais uma vez e tal como se vê na Wii U, parece que a forma mais fácil de garantir essa mesmo retrocompatibilidade é com recurso à “eShop”. À semelhança do que já acontece com a Wii U, na “NX” nós esperamos poder jogar títulos de consolas clássicas como a Super Nintendo; a Nintendo 64 e todas as consolas que a antecedem. Melhorias e inovações no departamento da retrocompatibilidade seriam muito bem recebidas pelos fãs.

Finalmente e de acordo com os rumores mais recentes, parece que a NX será uma mistura entre consola tradicional e uma consola portátil que podemos levar para fora de casa. Embora no papel a ideia pareça genial, uma peça de tecnologia deste género poderia significar um grande investimento por parte da Nintendo e um preço de venda ao público potencialmente elevado. Ficam registados os rumores que eu recebo com alguma suspeita mas espero pacientemente para verificar a sua veracidade.

É claro que isto tudo não é mais do que pura especulação, até porque neste momento só a Nintendo sabe qual o caminho que vai percorrer. Com a Wii U eles presentearam os fãs com uma consola sólida e sobretudo um catálogo que pode não ser vasto mas tem uma qualidade fantástica. Já no caso da “NX” nós esperamos que finalmente a Nintendo dê o salto para a nova geração, com uma consola poderosa e entusiasmante mas que mantenha o estilo único que continua a ser preservado pela companhia há mais de 30 anos.

[tabs tab1=”Anúncios em destaque:”]

[tab]

  • NX: A Nintendo havia já anunciado que, ainda este ano, divulgaria mais informações sobre a sua próxima consola, cujo nome de código é “NX”. Os primeiros detalhes prendem-se com a sua data de lançamento, agendada, neste momento, para março de 2017. A NX não fará parte dos destaques da feira de videojogos E3 deste ano; será desvendada numa data posterior dentro do corrente ano.
  • The Legend of Zelda: O próximo título desta série clássica da Nintendo será lançado tanto para a Wii U como para a NX, estando ambas as versões do jogo a serem desenvolvidas em paralelo. Uma vez que os criadores requerem mais tempo para a produção do jogo, este chegará ao mercado em 2017; será, porém, o principal destaque da Nintendo para a E3 deste ano.
  • Miitomo: A primeira aplicação da Nintendo para smartphones e tablets já chegou a mais de 10 milhões de utilizadores únicos em todo o mundo. Esta aplicação social gratuita foi lançada no Japão no passado dia 17 de março e numa série de outros países no dia 31 do mesmo mês, não existindo ainda uma data confirmada para a sua estreia em Portugal. Até ao dia 25 de abril, esta aplicação já havia dado origem a mais de 300 milhões de conversas. Além disso, os utilizadores têm a possibilidade de inserir o seu Mii em fotografias para criarem “Miifotos” personalizadas, mais de um milhão das quais já foram publicadas em várias redes sociais.
  • As próximas aplicações da Nintendo: A par do anúncio dos seus resultados financeiros, a Nintendo revelou que as suas duas próximas aplicações – cujo lançamento global está previsto para o outono deste ano – serão baseadas nas populares séries de videojogos Fire Emblem e Animal Crossing. Quanto à primeira, embora pretenda torná-la mais acessível em comparação com os jogos Fire Emblem para as consolas dedicadas, a Nintendo planeia oferecer a experiência completa de um jogo de role-play de estratégia. Relativamente à segunda aplicação, será concebida de forma a estar ligada ao universo de Animal Crossing para as consolas dedicadas.

Ambas são puramente aplicações de jogos. Quando comparadas com Miitomo, incluem elementos de jogo mais proeminentes, além do que os conteúdos terão uma estreita relação com o tradicional negócio de videojogos da Nintendo.

Mais detalhes sobre estes jogos e os países onde serão inicialmente editados serão partilhados posteriormente, sendo que a Nintendo planeia oferecer múltiplos tipos de aplicações capazes de apelar a diferentes tipos de público e grupos de jogadores.

  • E3: Todos os anos, a Nintendo altera a sua abordagem a esta feira de videojogos. Este ano não será exceção e, em junho, as atenções estarão voltadas para o novo título da série The Legend of Zelda. A versão Wii U do jogo estará disponível para ser jogada pela primeira vez na E3 e, no sentido de proporcionar uma imersão total neste título, será o único jogo da Nintendo disponível na feira. Mantenha-se atento a mais informações sobre os planos da Nintendo para a E3 deste ano.

[/tab]

[/tabs]

Paulo Figueiredo

Paulo Figueiredo

Editor em Gaming Portugal
O Figueiras é um elemento fundamental do Gaming Portugal e a figura mais respeitada da equipa. A sua vida atarefada e cheia de responsabilidades impede-o de acumular uma posição de maior destaque, embora mesmo se tivesse essa oportunidade o mais certo era ele recusá-la. A sua participação no Gaming Portugal é motivada principalmente pelo gosto por gaming e dá-lhe um prazer especial saber que nesta casa a “independência” é uma característica definidora.
Paulo Figueiredo

Últimos posts por Paulo Figueiredo (exibir todos)

Também poderás gostar de:

A Gaming Portugal Recomenda

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

one × 4 =

Política de Privacidade & Cookies

Este site (tal como todos os outros) utiliza cookies. Ao navegares na Gaming Portugal estarás a consentir a sua utilização.