Notícias PC PS3 Xbox 360

Treyarch Defende Motor Gráfico de Black Ops 2

Treyarch Defende Motor Gráfico de Black Ops 2

Para quem ainda não sabe, Black Ops 2 vai utilizar o “velhinho” motor gráfico da Infinity Ward com alguns upgrades. Isto significa essencialmente duas coisas, será um bom jogo no departamento gráfico, mas não será tão bom como muitos gamers esperavam que fosse, principalmente os de PC.

Com o Modern Warfare 3 voltou a levantar-se a polémica do grafismo em parte porque o concorrente Battlefield 3 era superior. Mais uma vez os gamers de PC ficaram incomodados pelo facto de graficamente o jogo parecer ultrapassado e acho que ninguém com bom senso pode negar isso.

Mas é importante compreendermos o que se passa antes de tirarmos conclusões precipitadas, não nos podemos esquecer que existe uma enorme pressão em todos os jogos da série Call Of Duty e a margem para falhar é quase inexistente. Junte-se a isso um tempo de desenvolvimento que é geralmente curto, as versões das consolas e o facto da Activision pretender que os jogos sejam desfrutados pelo maior número possível de jogadores, para começarmos a perceber porquê que os requisitos não são mais elevados.

Em entrevista à OXM o diretor de design da Treyarch, David Vondehaar deu as suas explicações:

[sws_blockquote_endquote align=”left” cite=”David Vondehaar” quotestyle=”style02″] Quem atacar o motor gráfico precisa de se lembrar que o jogo corre aos 60 frames que os gamers adoram. Nós podemos fazê-lo muito bonito e isso resulta de anos a trabalhar com este motor e a melhorar a nossa abordarem. As pessoas falam do motor gráfico mas a realidade é que não se trata de algo que foi inventado há seis anos atrás, neste momento o motor nem sequer se assemelha ao original. [/sws_blockquote_endquote]

 

Ele está a “vender o seu peixe” mas tem alguma razão. No PC nós gostamos de jogos potentes porque temos máquinas que podem e devem ser aproveitadas, mas também reconhecemos que o grafismo não é tudo e se no geral a experiência for boa, isso chega-nos. O Portal 2 é um exemplo perfeito do que um jogo pouco exigente no departamento gráfico consegue fazer, ou alguém se esqueceu que ele é um dos melhores jogos de todos os tempos?

Eu não pretendo defender a Treyarch porque até sou daqueles que concorda que o jogo já merecia um novo motor, mas com as consolas; os objetivos da própria companhia e a nova geração de videojogos a chegar, dificilmente Black Ops 2 poderia ser o jogo da série a dar o próximo passo.

Dito isto pelo que já se viu do jogo ele é francamente superior aos antecessores, portanto nem tudo está perdido.

Obrigado, OXM

Paulo Figueiredo

Paulo Figueiredo

Editor em Gaming Portugal
O Figueiras é um elemento fundamental do Gaming Portugal e a figura mais respeitada da equipa. A sua vida atarefada e cheia de responsabilidades impede-o de acumular uma posição de maior destaque, embora mesmo se tivesse essa oportunidade o mais certo era ele recusá-la. A sua participação no Gaming Portugal é motivada principalmente pelo gosto por gaming e dá-lhe um prazer especial saber que nesta casa a “independência” é uma característica definidora.
Paulo Figueiredo

Últimos posts por Paulo Figueiredo (exibir todos)

Advertisements

Também poderás gostar de:

A Gaming Portugal Recomenda

 

Deixe um comentário

Política de Privacidade & Cookies

Este site (tal como todos os outros) utiliza cookies. Ao navegares na Gaming Portugal estarás a consentir a sua utilização.