Artigos PC PS3 Xbox

Um FPS De ‘The Walking Dead’ Faz Sentido?

Um FPS De 'The Walking Dead' Faz Sentido?

Como todos já devem saber por esta altura, há um novo jogo de “The Walking Dead” na calha que será baseado na série televisiva e focado principalmente na história dos irmãos Daryl and Merle Dixon. Trata-se de um FPS de ação que está a ser desenvolvido pela Terminal Reality e que levou muitos gamers a questionarem-se se ele faz algum sentido.

A temática “zombies” tem sido explorada até à exaustão no mundo do gaming. Recentemente a Telltale Games apresentou a sua nova aventura baseada na história original da banda desenhada de “The Walking Dead“. O jogo que vai no seu segundo episódio não se limitou a ser mais um título de ação onde destruímos mortos vivos e por isso mesmo foi bem recebido pelos gamers e pela crítica.

Outro dos projetos recentes que envolve “zombies” chama-se “DayZ“, um mod para Arma 2 que optou pelo realismo – por vezes extremo – e que é hoje considerado uma das experiências de jogo mais envolventes que andam por aí.

Estes dois jogos têm uma coisa em comum, ambos inovaram e ofereceram experiências diferentes das que nós estávamos habituados a ver. Mas eis que surge o videojogo baseado na série de televisão e que parece escolher o caminho mais previsível. Será que faz sentido?

Eu acredito que qualquer videojogo faz sentido se a ideia for boa e a equipa de desenvolvimento tiver competência para fazer algo memorável. Sim, é verdade que este novo videojogo segue um caminho previsível, mas isso não significa que dentro do género não exista espaço para inovação.

À partida se me perguntassem se faz sentido a resposta imediata seria que não, mas pensado melhor não é boa ideia descartar à partida algo que ainda não conheço bem. O jogo só será lançado em 2013 no PC, PS3 e Xbox 360, pode ser que até lá eles estudem bem os sucessos mais recentes que envolvem “zombies” e criem algo surpreendente.

Diogo Mota

Diogo Mota

Editor-Chefe em Gaming Portugal
O Diogo é o organizador, todo o conteúdo do website passa de uma forma ou de outra pelas suas mãos, ele certifica-se que os padrões de qualidade são sempre altos e se a Gaming Portugal é hoje uma máquina relativamente bem oleada, isso acontece em grande parte graças ao seu trabalho.
Diogo Mota

Últimos posts por Diogo Mota (exibir todos)

Também poderás gostar de: