Artigos PC

Warframe: Um Jogo Diferente Com Potencial

Warframe: Um Jogo Diferente Com Potencial
[gameinfo title=”Informação Geral Sobre o Jogo” game_name=”Warframe” developers=”Digital Extremes” publishers=”” platforms=”PC” genres=”Shooter” preco_justo=”free-to-play” data_lancamento=”TBA”]

Warframe é um shooter de ação na terceira pessoa que está a ser desenvolvido pela Digital Extremes e encontra-se neste momento numa fase de beta fechada. Trata-se de um jogo de cooperação no qual nós nos juntamos a um esquadrão e essencialmente tentamos destruir todos os inimigos que encontrarmos.

A Digital Extremes é uma companhia com uma longa experiência no mundo do gaming, já esteve envolvida em alguns projetos notáveis e foi inclusive co-criadora do mítico Unreal Tournament. Warframe é então o seu novo projeto, um shooter “free-to-play” na terceira pessoa cuja história se passa num cenário futurista.

warframe-1
Os “Tenno” são guerreiros lendários e poderosos…

Nós controlamos os “Tenno” que são guerreiros lendários e mestres de uma armadura especial chamada Warframe. Ao que parece estes “Tenno” sobreviveram a uma grande guerra mas agora a sua presença é necessária para combaterem os “The Grinner” e os seus vastos exércitos que se espalham pelo sistema solar.

Eu não chamaria a história de original, mas ela é interessante e os “Tenno” são de facto criaturas com uma aura especial e adicionam-lhe algum charme. De resto o jogo possui uma apresentação de qualidade, o Universo de Warframe possui um estilo próprio que o ajuda a diferenciar-se da concorrência.

warframe-2
É inegável, Warframe tem muito estilo…

A nossa missão é bastante simples, viajar de planeta em planeta e repelir inúmeras vagas de inimigos enquanto ao mesmo tempo tentamos cumprir missões específicas. Warframe é um jogo de cooperação, basicamente nós podemos juntar 4 amigos e partir em conquista do sistema solar.

Se por acaso não tiveres amigos com quem jogar não há problema, o jogo utiliza um sistema de “drop in/drop out” e garante que nós encontramos sempre alguém com quem jogar. Embora no início não haja muito que possamos modificar, tanto a nossa personagem como as armas são costumizáveis e podem ser melhoradas com o tempo.

warframe-4
Junta-te com os teus amigos para destruíres os exércitos dos “The Grinner”…

Eu gostei do sistema de costumização e upgrades, o facto da apresentação ser boa ajuda, os menus são fáceis de compreender e não há lugar para grandes confusões. Existem neste momento 10 Warframes disponíveis, obviamente cada uma delas possui os seus pontos fortes e fracos sendo que no início nós começamos com a Excalibur que é considerada a “build” mais equilibrada.

Graficamente Warframe surpreendeu-me por duas razões, primeiro pela sua qualidade e segundo pelo seu nível de otimização. É verdade que existem cenários escuros e isso ajuda, mas para o nível de qualidade e detalhe gráfico que encontrei, não esperava framerates tão altos. O jogo corre às mil maravilhas e qualquer computador minimamente moderno não terá dificuldades para o correr.

A jogabilidade não apresenta grandes surpresas apesar de incorporar também um elemento “melee”. O nosso guerreiro “Tenno” transporta sempre consigo uma arma dedicada ao combate corpo a corpo. No principio temos acesso apenas a uma espada, mas à medida que o formos jogando poderemos ter acesso ao restante arsenal.

warframe-5
Trespassar um inimigo com uma espada? Me like it, me like it very much…

Warframe é um shooter na terceira pessoa, no entanto ele não possui um sistema de “covers” – ou cobertura –  que é muito habitual vermos neste tipo de jogos. Não quer dizer que nós não nos podemos proteger atrás de uma parede, mas significa apenas que o sistema de covers tradicional de “covers” não está presente. Tudo isto até poderia ser perfeitamente normal, não fosse o facto dos nossos inimigos utilizarem eles próprios cobertura, o que é um pouco estranho.

Colocando de parte alguns pequenos detalhes, a jogabilidade está bem conseguida, é fácil avançarmos enquanto ao mesmo tempo destruímos a oposição. Dar cabo dos inimigos é divertido especialmente quando os trespassamos com uma espada, mas passado algum tempo Warframe pode tornar-se repetitivo.

warframe-3
Para um free-to-play este jogo tem potencial…

É preciso ter em conta também que este é apenas um artigo de primeiras impressões e eu ainda estou muito longe de ter explorado tudo o que o jogo tem para oferecer. O problema da repetibilidade pode ser resolvido com novos cenários; novas missões e até com pequenos “tweeks” na jogabilidade, eu não o considero um problema na medida em que qualquer shooter no mercado chega a um ponto no qual inevitavelmente se torna repetitivo.

A realidade é que Warframe poderia ser facilmente mais um shooter entre tantos outros, mas isso não acontece em parte devido à sua história invulgar e estilo artístico único. A mistura com “melee” pode não ser uma surpresa mas está muito bem incorporada e parece natural, junte-se a isto o facto de Warframe ser free-to-play e creio que é justo colocá-lo no grupo de jogos mais interessantes deste ano.

Devo confessar também que eu me diverti bastante a jogar, Warframe tem potencial e embora assente em princípios pouco inovadores, no geral é um pacote original. A Digital Extremes parece estar a apostar forte neste jogo, a equipa de desenvolvimento tem estado muito ativa e por exemplo, nas últimas semanas o jogo foi alvo de vários updates.

Depois de algumas horas a jogar eu recomendo a todos que façam a vossa inscrição na beta e lhe dêem uma vista de olhos.

Marcio Olival

Marcio Olival

Editor em Gaming Portugal
O Márcio é uma das forças editoriais da Gaming Portugal, ele também faz um pouco de tudo mas a sua preferência reside nos artigos de opinião. Regra geral ele não é comedido nas palavras, porém em vez de optar pela dureza extrema ele opta quase sempre pelo sentido de humor.
Marcio Olival

Últimos posts por Marcio Olival (exibir todos)

Também poderás gostar de: