Artigos

Compras de Natal 2020: Algumas sugestões

O último mês do ano é sempre tempo de celebração e muitas prendas, por isso mesmo aqui fica a nossa lista de sugestões de algumas boas prendas para jogadores de videojogos.

Nesta lista de sugestões:

* a numeração é meramente indicativa;

* são sugestões baseadas nas nossas opiniões pessoais e técnicas sobre os produtos listados;

* alguns itens na lista possuem links para compra nas nossas lojas parceiras;

* se estiveres à procura de jogos de PC interessantes para o Natal dá uma vista de olhos pela nossa página de curador na Steam;

* se pretenderes adicionar sugestões, deixa-as através de um comentário.

  • 1. PC de gaming

É a derradeira máquina de gaming e mesmo nos dias que correm com o lançamento da nova geração de consolas, a grande realidade é que um PC de gaming com a tecnologia mais recente é um excelente investimento a curto, médio e longo prazo.

O investimento inicial pode ser maior quando comparado com uma consola, contudo um PC de gaming é uma máquina em constante evolução e daqui a 1 ou 2 anos um simples “upgrade” será capaz de transportá-lo para o próximo nível.

Junte-se a isso os preços dos jogos mais baixos, a crescente facilidade na utilização e o facto da componente gaming do Windows 10 ser cada vez mais uma extensão da Xbox e estão reunidas todas as condições para que o computador de gaming seja uma das melhores compras para este Natal.

A nossa recomendação e que garante a maior poupança:

  1. Comprar as peças em separado nas muitas lojas disponíveis em território nacional (nós recomendamos a Clickfiel);
  2. Recorrer a uma loja local (devidamente especializada e se tiverem confiança no trabalho) para a realização da montagem do computador e prestar aconselhamento adicional;

2. Nintendo Switch

É simples; é pequena; é versátil e permite que o jogador possa desfrutar dos seus jogos onde e como quiser. A consola híbrida da Nintendo que é também a consola portátil mais poderosa do mercado continua a ser tão impressionante em 2020 como no dia em que foi lançada para o mercado há três anos atrás.

É a única consola cuja experiência pode ser desfrutada no ecrã da televisão ou no ecrã da consola e obviamente é no seu modo portátil que ela brilha com maior intensidade. Junte-se a isso alguns  exclusivos da Nintendo absolutamente fantásticos como é o caso do The Legend of Zelda: Breath Of The Wild; Super Mario Odyssey; Animal Crossing: New Horizons; Super Smash Bros. entre outros, e é fácil perceber o que nos leva a recomendar esta consola como prenda de Natal para 2020.

Se estás à procura de uma consola mais simples; de uma experiência que possas transportar contigo para onde quiseres e que possas também desfrutar com amigos, então dificilmente encontrarás melhor escolha do que a Nintendo Switch.

  • 3. PS5 e Xbox Series X/S

Estamos em pleno ano de lançamento de uma nova geração de consolas e inevitavelmente elas serão das prendas mais cobiçadas desta época natalícia. A boa notícia é que as duas são máquinas de gaming poderosas, são capazes de correr os jogos mais recentes às mais altas resoluções e no fundo, são muito equivalentes.

Há no entanto uma diferença óbvia no tamanho com a PS5 a ocupar consideravelmente mais espaço na prateleira talvez porque nos planos da Playstation esteja também uma versão “slim” da consola. Para já, e se fores comprar uma PS5, fica a saber que ela é robusta e poderás ter de arranjar espaço extra para ela.

No que diz respeito às consolas Xbox, a “Xbox Series X|S” tem a particularidade de ser uma compra interessante para o jogador de PC que quiser apostar numa consola. A relação cada vez mais simbiótica entre a Xbox e o Windows 10 garante que mais jogos sejam lançados em simultâneo para as duas plataformas e que o jogador só necessite de os comprar uma vez para poder desfrutar dele em ambas.

Seja qual for a tua escolha só há uma certeza: ficarás bem servido com as consolas da nova geração.

4. Assassin’s Creed Valhalla (PC | consolas)

É sempre impressionante quando um “franchise” permanece relevante no mundo dos videojogos e no caso de “Assassin’s Creed” já lá vão 13 anos de jogos bem sucedidos e que na maior parte das vezes proporcionam experiências de grande qualidade.

Assassin’s Creed Valhalla não desilude e é considerado por muitos o melhor jogo da série até à data. Uma compra logicamente obrigatória para os grandes fãs do “franchise” e também para todos os jogadores que apreciam uma grande experiência de mundo aberto.

Massivo, visualmente sublime e com uma história de jogabilidade envolventes, “Valhalla” é sem dúvida um dos melhores jogos de mundo aberto actualmente disponíveis no mercado e uma excelente aposta para prenda de Natal.

Talvez de todos os jogos mencionados ele seja, do ponto de vista técnico, o melhor.

5. Horizon Zero Dawn (PC | Playstation)

Demorou mas a fascinante história de “Aloy” chegou ao PC com uma versão que inclui todos os DLC’s e melhorias consideráveis no departamento visual. Foi um lançamento assolado por inúmeros problemas de “performance” que hoje estão em grande parte resolvidos, no entanto isso não impediu o jogo de conquistar de imediato o seu lugar entre os melhores do género no PC.

Não que isto fosse novidade até porque todos os jogadores de consolas Playstation já conheciam muito bem a tremenda qualidade deste jogo, mas para os jogadores de PC a chegada de “Horizon Zero Dawn” foi um ponto alto do ano e a prova de que os exclusivos Playstation também poder ser muito lucrativos no computador.

Com a união Windows 10|Xbox nós esperamos que a Playstation seja integrada de uma maneira ou de outra com o computador e seria fantástico para os jogadores se isso acontecesse.

6. Death Stranding (PC | Playstation)

As opiniões dos jogadores dividem-se no que diz respeito aquele que era suposto ser o próximo grande jogo de “Hideo Kojima“. Alguns jogadores gostaram muito da experiência, outros odiaram-na com todas as suas forças e chamaram-no “simulador de entregas”.

A sua chegada ao PC foi no entanto bem sucedida e curiosamente o jogo acabou por conquistar mais fãs. Na nossa opinião “Death Stranding” é acima de tudo um título incompreendido numa indústria na qual demasiadas vezes se associa um jogo de mundo aberto a um título com ação de maior intensidade.

Com este jogo as coisas são um pouco diferentes, ele é por vezes uma experiência contemplativa, solitária e até vagarosa. A jogabilidade funde-se com a história e a narrativa por mais complexa que seja é-nos explicada quase sempre com mestria. Nesta medida “Death Strading” é muito mais do que um simples videojogo, é muito mais do que a realização de entregas e é quase filosófico na sua abordagem pela forma como levanta questões sobre a nossa existência.

Não é seguramente um jogo para todos mas no PC ele encontrou muita aceitação e pode ser uma excelente prenda de Natal.

7. No Man’s Sky (PC | consolas)

E não é que “No Man’s Sky” continua a progredir e a ficar cada vez melhor?

Depois de um lançamento no mínimo desastroso a equipa de desenvolvimento prometeu que não iria desistir. Agora inúmeros updates depois eis que temos uma das aventuras mais divertidas, inteligentes e envolventes de 2020.

Tudo por “culpa” de uma equipa resiliente que não só continuou a melhorar a experiência como foi tomando as melhores decisões ao longo do caminho. O jogo por sua vez foi ficando melhor e o ódio inicial foi substituído por um enorme respeito.

Hoje a experiência é apreciada por jogadores de todo o mund0.

8. Cyberpunk 2077 (PC | consolas)

É o grande jogo desta recta final de 2020 e apesar dos seus inúmeros “bugs” e “performance” instável e de não ser revolucionário, Cyberpunk 2077 é uma experiência sólida e divertida para este final de 2020.

Talvez não seja o melhor jogo de sempre mas é seguramente um dos melhores RPG’s de ação lançados este ano e será com toda a certeza uma prenda que deixará os grandes fãs do género muito satisfeitos.

Dito isto, é inegável que o jogo ainda tem problemas de “performance” e “bugs” que necessitam de resolução e ainda deve demorar algum tempo até que a experiência seja tão “suave” quanto ela deveria ser.

Ou seja, se achas que isso será um grande problema para ti ou para a pessoa para quem estás a comprar o jogo, então talvez seja prudente esperares mais uns meses.

9. Mario Kart Live: Home Circuit (exclusivo Nintendo Switch)

A experiência mais original de 2020 exige que tenhas uma Nintendo Switch, mas Mario Kart Live: Home Circuit é de facto um jogo especial. Neste título nós criamos um circuito na nossa própria casa e depois podemos competir com amigos naquele que é essencialmente um jogo de carros telecomandados.

Uma ideia engenhosa que faz uso das potencialidades da consola híbrida da Nintendo e que no fundo não tem paralelo no mundo dos videojogos. Ideal para todas as idades, Mario Kart Live: Home Circuit é um daqueles videojogos raros que é capaz de juntar toda a família e de proporcionar inúmeras gargalhadas.

Uma Nintendo Switch com este jogo incluído é talvez a melhor prenda de Natal desta lista.

10. Ghost of Tsushima (exclusivo Playstation)

Mais um dos grandes jogos do ano e um exclusivo Playstation. Ghost of Tsushima é uma aventura sublime de mundo aberto com muito “stealth” e um belíssimo trabalho artístico que se traduz em visuais impressionantes na PS4.

Com combates intensos e divertidos, uma história de qualidade e personagens carismáticas é muito fácil ficarmos completamente envolvidos pela história. De facto Ghost of Tsushima é simplesmente uma daquelas experiências que brilha em todos os departamentos e consegue sempre surpreender ao longo do caminho.

Se estás à procura de um bom jogo PS4 para ofereceres, então Ghost of Tsushima é uma óptima escolha.

11. Spider-Man: Miles Morales (exclusivo Playstation)

É o segundo jogo da série “Spider-Man” da Marvel e infelizmente é mais um jogo que necessita que tu ou a pessoa a quem vais oferecer a prenda tenha uma consola Playstation (PS4 ou a novíssima PS5).

Spider-Man: Miles Morales conta-nos a história de Miles Morales que também veste a pele do popular super-herói e que possui alguns poderes adicionais que fazem dele a derradeira arma de combate.

O jogo é bom em todos os departamentos e a versão PS5 destaca-se pela sua “performance” superior e visuais cuja beleza deixam qualquer um boquiaberto. Escusado será dizer que este é um “franchise” que deveria ser disponibilizado em todas as plataformas porque todos deveriam ter a oportunidade de o jogar.

Dito isto, se é um jogo de PS4 ou PS5 que pretendes oferecer, Spider-Man: Miles Morales é uma excelente escolha para o Natal.

12. Nioh 2 (exclusivo Playstation | versão PC prevista para 2021)

Nioh 2 é mais um exclusivo Playstation. O segundo jogo da série é uma prequela do primeiro título e eleva a experiência em todas as áreas. Quer seja pelos seus visuais impressionantes ou combate absolutamente fantástico, existem poucos RPG’s de ação que se podem comparar a Nioh 2.

Uma aventura intensa, por vezes muito difícil mas ao final do dia também altamente recompensadora é o que podes esperar deste título.

A boa notícia é que em 2021 ele vai deixar de ser exclusivo Playstation e vai receber também uma versão no PC.

13. Ori And The Will Of The Wisps (PC | consolas)

Do mercado independente de videojogos chega-nos a brilhante sequela do genial “Ori and the Blind Forest” que é também o testemunho de que os títulos de plataformas 2D continuam mais relevantes do que alguma vez foram. “Ori And The Will Of The Wisps” é a continuação do excelente trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pela “Moon Studios“.

Este jogo de plataformas 2D metroidvania é, tal como o seu antecessor, um trabalho artístico de grande qualidade e uma experiência mágica e divertida que supera o seu antecessor em todas as áreas.

Nesta nova aventura nós vestimos a pele do espírito guardião “Ori” que vai precisar de toda a sua habilidade e tenacidade para ultrapassar novos obstáculos e descobrir o seu verdadeiro destino.

14. Spiritfarer (PC | consolas)

Foi uma das aventuras mais fascinantes e surpreendentes do ano. Em Spiritfarer nós vestimos a pele da “barqueira dos espíritos” e a nossa missão é ajudar os falecidos na transição para a vida depois da morte.

É uma experiência inteligente que não faz uso da violência e mistura mecânicas de jogabilidade clássicas de um jogo de plataformas 2D com um título de gestão e construção.

Pode ter passado despercebido para muitos, mas Spiritfarer foi um dos melhores jogos independentes do ano.

Última atualização: Dezembro 18, 2020 às 12:18

O Diogo é o organizador, todo o conteúdo do website passa de uma forma ou de outra pelas suas mãos, ele certifica-se que os padrões de qualidade são sempre altos e se a Gaming Portugal é hoje uma máquina relativamente bem oleada, isso acontece em grande parte graças ao seu trabalho.

Apesar de ser editor, juntamente com o Diogo encarrega-se de gerir toda a equipa, é uma espécie de terceiro “boss” que muitas vezes acaba por ser o primeiro. Para além de escrever para o website ele é responsável pela verificação de conteúdo e por corrigir muitas das falhas que nós cometemos quando queremos trabalhar rápido demais.

Ele foi a força fundadora por detrás da Gaming Portugal e conseguiu reunir uma equipa competente e muito unida. É principalmente um elemento que trabalha nos bastidores, embora ultimamente vocês o conheçam pelo seu trabalho no podcast juntamente com a NOX e nas transmissões ao vivo.

Também poderás gostar de:

Subscrever
Notificações de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
ESTAMOS AGORA AO VIVO!
AO VIVO na Twitch todos os dias!!
0
Partilha tua opinião, comenta.x
()
x