Jogos Indie Notícias PC

Dizzy De Volta Via Kickstarter

Dizzy De Volta Via Kickstarter

No final dos anos 80 uma série de jogos publicada pela Codemasters destacou-se pela sua qualidade e por contar com um protagonista invulgar que era um ovo chamado Dizzy. Agora a mítica série poderá estar de volta e os criadores originais estão a pedir o apoio dos gamers através de uma campanha no Kickstarter.

O projecto chama-se “Dizzy Returns” e está a ser desenvolvido pelos criadores do “Dizzy” original, os gémeos Oliver. Depois de anos de trabalho na indústria o regresso de “Dizzy“nunca deixou de ser um dos seus objetivos e agora o financiamento coletivo pode proporcionar a oportunidade perfeita.

A meta foi colocada nas 350 mil libras e neste momento com 28 dias pela frente o valor das 4 mil libras já foi ultrapassado. Ainda existe um longo caminho para percorrer, mas a ideia parece-me muito promissora e de certeza que muitos gamers gostariam de ver o engraçado ovo de volta ao mundo dos videojogos.

dizzy-returns-1
Dizzy poderia de facto brilhar numa versão moderna…

Os irmãos Oliver pretendem conservar as características dos títulos originais embora adaptando-as aos tempos modernos, o resultado poderá ser uma maravilhosa experiência artística 2D. Uma das ideias mais interessantes é o facto de podermos escolher o tipo de jogabilidade para sessões de jogo curtas ou longas. O jogo também não será uma daquelas experiências lineares e aborrecidas, haverá inúmeras “quests” para fazer e um enorme mundo para explorar, para além disso existe um modo modo “retro” de 8-bits.

As incursões no financiamento coletivo são sempre uma incógnita, mas “Dizzy Returns” tem tudo para ser um excelente título independente. Se queres que ele volte então aproveita a oportunidade e contribui para a campanha no Kickstarter hoje!

Paulo Figueiredo
O Figueiras é um elemento fundamental do Gaming Portugal e a figura mais respeitada da equipa. A sua vida atarefada e cheia de responsabilidades impede-o de acumular uma posição de maior destaque, embora mesmo se tivesse essa oportunidade o mais certo era ele recusá-la. A sua participação no Gaming Portugal é motivada principalmente pelo gosto por gaming e dá-lhe um prazer especial saber que nesta casa a “independência” é uma característica definidora.

Também poderás gostar de: