Votação

Qual é A Tua Relação Com a Pirataria?

Não existe relação: "I am NOT a pirate!"
6 (6.5%)
Do what you want, ‘cause a pirate is free, YOU ARE A PIRATE!
8 (8.6%)
Compro a maior parte dos meus jogos, mas também faço uns downloads.
24 (25.8%)
Piracy? "Sir, i have no idea of what you're talking about"
4 (4.3%)
Pirates!! "I will burn their souls... deixa-me só acabar o download"
6 (6.5%)
Quando não tenho dinheiro para comprar, lá vou eu piratear.
20 (21.5%)
Sou contra a pirataria, compro sempre os meus jogos.
5 (5.4%)
Não tenho paciência: "Enough is enough! I have had it with these mother-fucking pirates on this mother-fucking web!"
1 (1.1%)
Compro os jogos mais baratos e recorro à pirataria para os mais caros.
19 (20.4%)

Votos totais: 67

*

Steel

  • *
  • 1521
    +23/-0
  • It's time to kick ass and chew bubble gum...
Sem querer contestar as ações dos mods, mas porque é que este tópico é permitido, mas este (http://gamingportugal.com/forum/index.php/topic,874.0.html) não? Pelas regras do fórum este também devia ser bloqueado.

Esta é uma discussão geral sobre pirataria, ou seja, não se está a tratar de nada específico. Já a outra discussão poderia facilmente descambar e por isso foi logo bloqueada para evitar que a discussão se alongasse e entrasse por caminhos delicados que aí sim iriam violar as regras.

De realçar que ninguém é e nunca será banido por falar de pirataria, mas tópicos em que se aborde a temática e se discuta processos, locais onde fazer download de jogos e por aí fora acabarão bloqueados.
Não é como tu jogas, mas sim como te divertes a fazê-lo

Sepol

Okay, obrigada pela clarificação. Não concordo com a ação tomada, but I see your point.


Back on topic, isto é uma leitura interessante » http://torrentfreak.com/file-sharers-buy-30-more-music-than-non-p2p-peers-121015/
Gostava de ver uma análise do género mas em relação aos jogos...

thanbird

Tal como ja disseram, a pirataria é o mundo inimigo de maior parte senão todos, os jogos, Agora com as novas funcionalidades de segurança (steam e origin) começa a ser mais dificil de "sacar" os jogos, e cada vez se torna mais complicado por causa dos modos multiplayer , n sou contra mas tbm n sou a favor, nem toda a gente tem dinheiro para todos os jogos existentes no mercado mas n discordo que quando necessito, saco apenas para passar modos historia , não com a funcionalidade de jogar online por causa que cada vez esta mais dificil.
Resumindo, Não apoio a pirataria mas usufruo dela quando assim necessito.


Cumprimentos, Thanbird

angelonunes14

Por a pirataria não tem mal nenhum digo eu ;)

Renovachio

A pirataria não é, nem nunca será amiga do desenvolvimento de jogos. Com menos dinheiro, menos desenvolvimento. Mas isso não impede as empresas de terem lucros de milhões de dólares. Penso que se criarem jogos que o jogador realmente sinta serem especiais, que irão ser mais os compradores que os piratas. E claro, podemos sempre esperar pelas promoções sazonais. :)

Sepol

A pirataria não é, nem nunca será amiga do desenvolvimento de jogos.


discordo, a pirataria muitas vezes é o veículo pelo qual as pessoas conhecem um jogo, experimentam-no (para além das limitações dos demos, quando existem) e podem depois decidir comprar. Isso era o que se dizia da pirataria de música ("a pirataria é inimiga dos músicos! As pessoas compram menos e dão menos dinheiro ao artista") mas estudos recentes demonstram precisamente o contrário: pessoas que pirateiam sao as que mais investem em música, a venda de álbuns e singles está mais alta que nunca, já para não falar da divulgação que a pirataria acaba por fazer de artistas menos conhecidos. Ainda não existem muitos estudos do género em relação aos videojogos, mas penso que as conclusões seriam semelhantes.


"Com menos dinheiro, menos desenvolvimento" » não necessariamente.
1) quem pirateia fa-lo (maioritariemante) porque não tem dinheiro para comprar o jogo; caso a internet não existisse, os piratas continuavam sem dinheiro para comprar jogos, e portanto não os compravam à mesma, o resultado era o mesmo.
2) a quantidade de pessoas que têm dinheiro e pirateiam é menor que a quantidade de pessoas que pirateiam e depois compram e que não comprariam caso não o jogassem antes (semelhante ao que acontece na música); portanto o balanço acaba por ser positivo a favor das empresas
3) mais dinheiro não significa mais (ou melhores) jogos.

*

Hilário Coelho

  • *
  • 515
    +6/-2
A pirataria não é, nem nunca será amiga do desenvolvimento de jogos.


discordo, a pirataria muitas vezes é o veículo pelo qual as pessoas conhecem um jogo, experimentam-no (para além das limitações dos demos, quando existem) e podem depois decidir comprar. Isso era o que se dizia da pirataria de música ("a pirataria é inimiga dos músicos! As pessoas compram menos e dão menos dinheiro ao artista") mas estudos recentes demonstram precisamente o contrário: pessoas que pirateiam sao as que mais investem em música, a venda de álbuns e singles está mais alta que nunca, já para não falar da divulgação que a pirataria acaba por fazer de artistas menos conhecidos. Ainda não existem muitos estudos do género em relação aos videojogos, mas penso que as conclusões seriam semelhantes.


"Com menos dinheiro, menos desenvolvimento" » não necessariamente.
1) quem pirateia fa-lo (maioritariemante) porque não tem dinheiro para comprar o jogo; caso a internet não existisse, os piratas continuavam sem dinheiro para comprar jogos, e portanto não os compravam à mesma, o resultado era o mesmo.
2) a quantidade de pessoas que têm dinheiro e pirateiam é menor que a quantidade de pessoas que pirateiam e depois compram e que não comprariam caso não o jogassem antes (semelhante ao que acontece na música); portanto o balanço acaba por ser positivo a favor das empresas
3) mais dinheiro não significa mais (ou melhores) jogos.


um texto digno de 1 Óscar! Sim senhora, defato esse texto deixaria muito que pensar aos senhores que estao no topo das empresas a dizer que a pirataria é a fonte dos problemas...visto dessa forma a pirataria torna-se das melhores coisas que as empresas possam fazer! ;)

_GM_

Eu já fui mais de fazer download de jogos. Mas depois resolvi comprar os meus jogos. No entanto lá uma vez por outra eu faço um download.. mas é para mais tarde comprar o jogo. Exemplo disso foi o Deus Ex Human Revolution que fiz download dele no ano passado e quase a terminar a história do jogo comprei o jogo pela Steam. Também o Walking Dead joguei através de download em Dezembro do ano passado e quase 2 meses depois comprei todos os 5 episódios. Outro caso é através de emulador. No ano passado joguei dois jogos do emulador da Nintendo DS que foram Pokemon Black e New Super Mario Bros. Neste momento estou guardando dinheiro para comprar uma 3DS XL e depois de comprar um ou dois jogos da 3DS, vou ver se compro esses mesmos dois jogos da DS que joguei no emulador. As vezes faço download de um jogo quando quero testá-lo para ver se ele corre bem no meu PC ou não. Outras vezes é porque o jogo é muito bom e não tenho possibilidade de pagar por ele logo e já e quando mais tarde ele entra em promoção aí compro o jogo. Mas acredito que quando tiver um emprego estável e que me dê mais possibilidades de gastar dinheiro neste meio de entretenimento que tanto gosto, vou passar a fazer menos download e a comprar mais jogos. Até porque olho para o pagamento de um jogo não só como uma forma de pagar para me entreter mas também uma forma de dar um "lucro" as produtoras envolvidas na produção do jogo para poderem usar esse lucro em futuros projectos.

*

DoubleJei91

  • *
  • 264
    +2/-0
Para mim funciona de maneira diferente de quase toda gente pelo que vejo.

Eu cá faço os downloads sempre que sai um jogo, se adorar o jogo compro se não "adorar" então click "Uninstall and its over"
Os preços de jogos são cada vez mais caros, e não da para gastar dinheiro a toa... então assim não há riscos.

Sei sempre o jogo que vale a pena comprar ou não.  ;)

Ps: No caso de muita gente, que também já foi o meu, também se faz o download porque nunca sabemos se as nossas maquinas são capazes de rodar tal jogo e também nos obriga de certa forma a fazer-lo visto que os requesitos enganam bastante.

**Os jogos que considero Lendários compro-os todos, tipo: Assassins Creed II, GTA IV, All Counter-Strike versions Arma II (por causa do dayz mode), tomb raider.. e por ai fora*** ;D

migz26

A verdade é que não tenho nenhum jogo pirata ! Quando tenho $ compro , quando não tenho espero  :(

Kromated

Nao e muito facil falar da pirataria pois e uma safa para muitos gamers que jogam aqueles jogos muito despendiosos mas nao têm dinheiro para os comprara. Tenho muitos jogos pirateados mas ultimamente tenho reduzido esse numero em pequenas porçoes, de mes a mes tiro 2 a 3 jogos pirateados do pc e compro-os na steam ou noutra loja se forem baratos, aqueles que forem muito caros vou manter. As empresas criadoras de jogos e que os poêm prai a 70 ou 80 euros nao deviam estar supreendidos com a pirataria pois eles nao entendem que 70 ou 80 euros para um jogo e muito mas muito caro.

andre199516

Para dizer a verdade maioria dos jogos que jogo são pirata, mas quando entro numa loja de jogos primeira coisa é comprar jogos XD

zestinson

Eu faço as coisas de uma maneira simples: se o jogo é muito caro/só vou jogar para experimentar ou para ver como está - faço download; se se tratar de um jogo que gosto ou que siga, sendo trilogia etc, tento arranjar uns trocos para comprar o jogo (sempre usado), como caso de AC ou GOW. De qualquer das maneiras nunca condenei a pirataria, a partir do momento em que os preços dos jogos passaram a ser exorbitantes acho que estamos até no nosso "direito" de o piratear, nem que seja como uma forma de protesto.

DrKakio

Eu acho que devemos comprar os jogos porque as empresas tipo a EA, rockstar... gastaram bastante dinheiro no jogo, obviamente nos temos de gastar algum eles terem lucro o continuarem a produzir jogos.

*

LastLombax1

  • *
  • 488
    +3/-0
Eu acho que devemos comprar os jogos porque as empresas tipo a EA, rockstar... gastaram bastante dinheiro no jogo, obviamente nos temos de gastar algum eles terem lucro o continuarem a produzir jogos.


É verdade, mas nem sempre há dinheiro  :(