*

Steel

  • *
  • 1465
    +23/-0
  • It's time to kick ass and chew bubble gum...
    •  


Potenciado pelo Razer Phone, o Project Linda combina a mobilidade de um smartphone com a versatilidade de um portátil.

A Razer revelou hoje o “Project Linda”, um design de portátil com 13.3-polegadas potenciado pelo Razer Phone, um smartphone baseado em Android. O conceito híbrido de smartphone e portátil marca uma nova era em computação pessoal móvel, combinando o ambiente Android, que já é familiar, com a facilidade de utilização de um portátil.
                 
Como uma das poucas empresas no mundo com ligação a ambas as interfaces, portáteis e smartphones, o Project Linda é um conceito inovador que atenua a linha que separa o smartphone do portátil.

O portátil Project Linda da Razer encaixa de forma elegante o Razer Phone dentro do seu chassis, onde habitualmente se encontra o touchpad, e liga-se com apenas um botão. A plataforma móvel Qualcomm Snapdragon 835 do telefone e os 8 GB de RAM proporcionam um desempenho responsivo, transformando instantaneamente o Project Linda num portátil Android. O ecrã de 5.7-polegadas do Razer Phone pode ser utilizado como um touchpad, ou como um segundo ecrã para aceder a aplicações, ferramentas e mais.

Citar
“Os utilizadores avançados do Android partilham a necessidade de desempenho num formato móvel, que nós proporcionamos através dos premiados portáteis Razer e do Razer Phone,” diz Min-Liang Tan, Cofundador e CEO da Razer. “O Project Linda combina o melhor dos dois mundos, trazendo um ecrã maior e um teclado físico ao ambiente Android, melhorando a experiência de gaming e produtividade.”

Um teclado integrado e completo adiciona às capacidades do Project Linda, proporcionando produtividade melhorada e experiência gaming diferenciada. Os utilizadores beneficiam de uma experiência responsiva e confortável com o teclado personalizado para o ambiente Android com teclas dedicadas para navegação, pesquisa e seleção de aplicações. A retroiluminação Razer Chroma é ideal para situações de baixa luminosidade e também pode ser personalizada com milhões de opções de cor. O utilizador pode completar a experiência de interação com o portátil ao utilizar o telefone como touchpad, ou pode também ligar um rato para um controlo mais preciso em jogos e aplicações.

Desenvolvido para mobilidade, o chassis unibody em alumínio maquinado em CNC do Project Linda tem apenas 0.59-polegadas (15mm) de espessura e pesa menos de três libras (1.25 kg) incluindo o telefone. O seu touchscreen Quad HD de 13.3-polegadas leva a experiência de 120 Hz disponível no Razer Phone para um ecrã maior, proporcionando movimentos fluídos e vistas vibrantes. O conceito também inclui uma bateria interna de 53.7 Wh que pode recarregar rapidamente o telefone num total de três vezes a sua capacidade total sem qualquer energia externa. Dentro do portátil existem 200 GB de armazenamento, permitindo backups seguros e espaço adicional para ficheiros multimédia e aplicações. A conectividade do Project Linda inclui um jack de áudio de 3.5-milímetros, uma porta USB-A, uma porta de carregamento USB-C, uma webcam de 720p, e um microfone de duas entradas como gama de opções de comunicação e dispositivos externos.

O Project Linda faz a ponte entre entretenimento móvel e a conveniência de um portátil. O desempenho do Razer Phone, o seu ecrã e os dois altifalantes voltados para a frente combinam de forma perfeita com o ecrã de maiores dimensões, teclado e a bateria do Project Linda para proporcionar o melhor sistema móvel híbrido para gaming, criatividade e produtividade.

A Razer venceu prémios oficiais “Best of CES” em sete anos consecutivos, incluindo inovações como o Razer Switchblade (2012), o tablet Razer Edge (2013), Project Christine (2015), e o Razer Blade Stealth e Core (2016). Mais de 4,000 empresas competem pelas honras da CES, a exposição de tecnologia mais prestigiada do mundo.
Não é como tu jogas, mas sim como te divertes a fazê-lo