Notícias PC

Google Afirma Que Stadia Será Mais Rápido Que Consolas

A afirmação foi da autoria do Vice Presidente de engenharia da Google que disse que o Stadia será mais rápido e responsivo do que o hardware tradicional utilizado para videojogos.

Não é surpresa para nenhum jogador, mas a partir de uma determinada altura as consolas parecem ter ficado mais lentas. De facto a acção “colocar o jogo e começar a jogar” deixou de fazer sentido tendo em conta que muitas vezes é necessário ou fazer downloads, ou até instalar o jogo na consola.

Os “modernismos” têm destas coisas e na aproximação do PC a consola começou a incorporar discos rígidos, actualizações frequentes e naturalmente a “promessa de acesso imediato” deixou de ser cumprida. Em defesa das consolas é importante ressalvar que a Switch é bastante rápida e ainda consegue fazer jus à promessa, contudo ela é consideravelmente inferior no departamento da potência gráfica a uma PS4 ou uma Xbox One.

Sabemos que a Sony tem na calha a PS5 e tudo indica que essa sim terá melhorias significativas no que diz respeito à velocidade com um processador mais rápido e a “magia” dos SSD’s. A Google no entanto afirma que mesmo assim o Stadia será mais rápido e responsivo do que qualquer hardware tradicional.

A afirmação de Madj Bakar não me surpreende, a verdade é que nas condições ideais (com uma velocidade de Internet rápida) o acesso a um jogo no Stadia deverá ser mais rápido do que o acesso ao mesmo jogo localmente numa consola ou num PC. Com a tendência para as velocidades de internet aumentarem e serem cada vez mais estáveis, não é errado presumir que um Stadia ultra-rápido se torne numa realidade.

Mais barato, mais rápido e mais responsivo do que o hardware tradicional são de facto qualidades a ter em conta. Não significa que o Stadia vai garantidamente invadir o espaço das consolas e “roubar” os seus clientes, mas significa que o Stadia pode ser uma ameaça para o hardware tradicional de videojogos. A título de exemplo basta por os olhos na Steam para perceber que rapidez e facilidade de acesso podem ser fundamentais para o sucesso nesta indústria.

Quanto mais não seja para o jogador casual com uma boa velocidade de internet o Stadia pode ser uma alternativa mais viável e económica do que investir em hardware tradicional. Há no entanto uma grande desvantagem, a impossibilidade de o jogador poder jogar um videojogo offline, ou seja, se falhar a Internet não há jogo para ninguém.

Para já a única certeza é que o Stadia promete estabelecer o “cloud gaming” como uma verdadeira alternativa para os jogadores.

Também poderás gostar de:

 

Deixa um comentário

avatar
  Subscrever  
Notificações de