Jogo Da Semana Jogos Indie PC

Jogo Da Semana: Shadow Warrior

Jogo Da Semana: Shadow Warrior

[gameinfo title=”Informação Geral Sobre o Jogo” game_name=”Shadow Warrior” developers=”Flying Wild Hog” publishers=”Devolver Digital” platforms=”PC” genres=”Ação” preco_justo=”até 20€” data_lancamento=”26 Setembro 2013″]

Ainda te recordas do Shadow Warrior? Pois bem, em 1997 um FPS com este nome foi desenvolvido pela 3D Realms e ele misturava ultra-violência com sentido de humor e um grafismo bastante bom para a altura. Controverso e divertido, o título original ficou na memória dos gamers e eis que nos chega agora o “reboot“.

O Shadow Warrior de 2013 foi desenvolvido pela Flying Wild Hog, os mesmos senhores que nos provaram com Hard Reset que parecem ter talento para o desenvolvimento de FPS de ação visualmente impressionantes. Aliás o motor gráfico utilizado neste jogo é o Road Hog Engine, um trabalho “da casa” – da autoria da própria Flying Wild Hog – que já tinha sido utilizado no Hard Reset.

Shadow Warrior é um regalo para os olhos e a Flying Wild Hog está de parabéns por mais uma vez ter conseguido desenvolver um título independente moderno que visualmente se encontra ao nível de outros grandes jogos. Mas não é só no grafismo que este jogo cumpre o seu papel, pelo contrário ele é bastante competente em todas as áreas e isso faz dele uma das experiências de um jogador mais divertidas que andam por aí.

O “melee” está muito bem conseguido e nós podemos alternar a sua utilização com as armas convencionais ou usar uma espécie de mistura entre os dois. Cortar membros nunca passa de moda e a ultra-violência que caraterizava o jogo original também está presente neste “reboot“.

No jogo nós vestimos a pele de Lo Wang, um guarda-costas e hábil guerreiro de uma poderosa organização japonesa mas que cedo percebe que a mesma é corrupta. Agora cabe-te a ti defrontar todos os inimigos que te aparecerem à frente e eliminá-los da forma mais violenta possível. É preciso mais?

Helio Costa
Apesar de ser editor, juntamente com o Diogo encarrega-se de gerir toda a equipa, é uma espécie de terceiro “boss” que muitas vezes acaba por ser o primeiro. Para além de escrever para o website ele é responsável pela verificação de conteúdo e por corrigir muitas das falhas que nós cometemos quando queremos trabalhar rápido demais.

Também poderás gostar de: