Notícias PC PS3 Xbox 360

Jogos De Um Jogador Em Risco

Jogos De Um Jogador Em Risco

A indústria do gaming parece ter-se rendido aos encantos dos jogos de multijogador, hoje eles multiplicam-se a a experiência de jogo solitária é cada vez menos uma alternativa. Recentemente em entrevista à GamesIndustry International, o Vice Presidente Executivo do Design de Jogos da Blizzard, Rob Pardo avisou que os jogos de um jogador são uma espécie em vias de extinção e serão cada vez menos no futuro.

Os jogos de multijogador estão na moda, um exemplo perfeito disso é qualquer novo Call Of Duty que é comprado quase exclusivamente pelo seu modo online. As companhias perceberam que ao apostarem nos modos de multijogador era mais fácil aumentar a longevidade de um videojogo, continuar a criar interesse nele e evitar as perdas resultantes da pirataria.

Os MMO’s são um exemplo de como este é um género bem sucedido, parece que os gamers sentem uma necessidade natural de jogarem em conjunto, algo que se compreende porque normalmente a experiência costuma ser divertida.

  • Mas será que ainda existe espaço para jogos focados no modo de história e que na sua essência são experiências solitárias?

Rob Pardo da Blizzard parece acreditar que esse espaço é cada vez menor:

[sws_blockquote_endquote align=”left” cite=”Rob Pardo” quotestyle=”style02″] Eu não vejo isso como um grande modelo de negócio nos dias que correm. É realmente triste, mas existem demasiados elementos que tornam difícil a criação desses jogos. Entre a pirataria ou a possibilidade de alugar jogos, é difícil para as editoras investirem milhões e milhões num jogo e não ver retorno suficiente para o justificar. [/sws_blockquote_endquote]

 

Neste momento é quase impensável para uma companhia lançar um videojogo sem um modo de multijogador, tornou-se praticamente num requisito e os próprios gamers ficam furiosos quando isso não acontece. Todavia eu pessoalmente não acho que as experiências clássicas de um jogador estejam assim tão mal, pelo contrário parece-me que muitas companhias aproveitam a popularidade do modo de multijogador para como se costuma dizer: “puxarem a brasa à sua sardinha“.

É verdade que ele pode ser divertido, mas por outro lado também é mais rentável para as companhias e ao fim do dia isso é o mais importante para elas.

Obrigado, VG247 e GamesIndustry International

Diogo Mota

O Diogo é o organizador, todo o conteúdo do website passa de uma forma ou de outra pelas suas mãos, ele certifica-se que os padrões de qualidade são sempre altos e se a Gaming Portugal é hoje uma máquina relativamente bem oleada, isso acontece em grande parte graças ao seu trabalho.

Também poderás gostar de: