Nintendo Switch Opiniões PC PS4 Xbox One

Minecraft Dungeons: Opinião

Minecraft é um nome bem conhecido por jogadores de todo o mundo e naturalmente não é surpresa para ninguém que o novíssimo Minecraft Dungeons estivesse na lista dos jogos mais esperados nesta primeira metade de 2020. Pois bem, o novo RPG de ação do Universo Minecraft chegou finalmente ao mercado e será que vale a compra?

Primeiro é importante esclarecer que Minecraft Dungeons é um RPG de ação, isto significa que ele não tem elementos de construção e é focado apenas nos elementos de ação e aventura. Se porventura já tiveste a oportunidade de jogar um Diablo 3 ou qualquer um dos jogos do “franchise” Torchlight sabes o que esperar deste título. Minecraft Dungeons é simplesmente um jogo cuja ação decorre no popular Universo Minecraft, isto significa que se é construção que procuras, Minecraft Dungeons não é o jogo para ti (compra antes o Minecraft).

Como referi em cima Minecraft Dungeons é um RPG de ação que se “encaixa nos moldes” dos grandes clássicos do género na medida em que a jogabilidade é muito semelhante às principais referências. É o chamado “dungeon crawler” tradicional no qual temos uma personagem que vai ganhando experiência e subindo de nível à medida que vamos progredindo no jogo, há muito “loot” (armas, equipamentos etc…) à nossa disposição bem como habilidades para desbloquearmos e o objectivo é irmos ficando cada vez mais poderosos.

O jogo conta-nos a história de Illager, um aldeão comum que eventualmente mete as mãos em cima da poderosa “Esfera Do Domínio” e na sua cede de vingança transforma-se num temível vilão cujas forças assolam o reino. É uma história simples mas francamente bem apresentada e claro “polvilhada” com o sentido de humor característico do “franchise”.

A JOGABILIDADE

Não existem grandes surpresas no departamento da jogabilidade. Em Minecraft Dungeons a jogabilidade processa-se de forma semelhante a qualquer outro “dungeon crawler”, ou seja, se já jogaste um título deste género no passado então ficarás rapidamente familiarizado com o sistema de jogo. Mesmo quem nunca jogou um RPG de ação na vida não terá grandes dificuldades para entender o sistema de jogo porque ele é muito simples, senão vejamos: existe um ataque corpo a corpo; um ataque de longo alcance, 3 botões para a utilização de itens e pouco mais do que isso.

A simplicidade pode ser benéfica para quem se está a aventurar no género ou para os jogadores mais jovens, contudo talvez seja simplicidade a mais para os veteranos habituados a jogar títulos como o Diablo 3, Path Of Exile ou Torchlight. De certa forma a simplicidade é compreensível e muito provavelmente está relacionada com a presença do jogo nas consolas em que a única alternativa é o comando, contudo no computador sente-se a falta de um pouco mais de complexidade e exigência ao jogador.

A utilização de habilidades de combate está quase sempre ligada a um sistema de upgrades, no qual, para uma arma especifica nós anexamos habilidades especiais. Por exemplo: numa espada desbloqueamos uma habilidade que dá uma chance de lançar relâmpagos quando atacamos e por aí fora. Este tipo de habilidades torna o combate mais interessante e é um auxilio valioso especialmente no confronto com inimigos mais poderosos.

Para além destas habilidades que podemos desbloquear em armas, temos também 3 itens que podemos utilizar em combate. Esses itens podem ser mais ofensivos ou defensivos cabendo ao jogador decidir a melhor combinação possível para os inimigos que vai defrontar.

A jogabilidade não desilude na medida em que é exactamente aquilo que eu esperava, mas como é óbvio ela também não surpreende e pior do que isso acho que falta a variedade característica dos grandes jogos deste género e por isso a experiência pode tornar-se monótona e demasiado repetitiva cedo demais e sim meus amigos, isso pode ser um problema.

O GRAFISMO

Mais um departamento onde não existem grandes surpresas. Graficamente Minecraft Dungeons segue o estilo visual do “franchise”, a arte em estilo pixel marca presença e é acompanhada por cores vibrantes e cenários e personagens reconhecíveis pelos fãs. Embora do ponto de vista artístico ele se mantenha fiel ao estilo do “franchise”, a realidade é que visualmente é uma experiência diferente, primeiro porque não se trata de um jogo de construção e segundo porque corre em Unreal Engine ao contrário do Minecraft.

Eu gosto do grafismo do Minecraft Dungeons, é verdade que ele não surpreende mas também é verdade que ele não desilude e na minha opinião enquadra-se na perfeição nos padrões de qualidade gráfica dos RPG’s de ação modernos.

Na minha opinião era importante que os grandes fãs do Minecraft sentissem em Dungeons familiaridade, que de certa forma sentissem que o Universo de que tanto gostam se mantém intacto neste jogo. Felizmente é isso que acontece, tudo desde as personagens; os inimigos; os cenários e os efeitos visuais são uma referência directa ao jogo de construção e o trabalho está tão bem feito que Dungeons revela-se um verdadeiro regalo para os olhos.

O SOM

Não há muito para dizer sobre o som a não ser que é uma referência directa ao jogo de construção. Mais uma vez a familiaridade é a palavra de ordem e se jogaste o Minecraft então vais reconhecer grande parte dos efeitos sonoros em Dungeons.

Uma nota especial para a banda sonora que apesar de manter aquela tranquilidade característica do “franchise” conta com algumas músicas mais intensas que combinam na perfeição com os momentos de maior ação ou os mapas mais difíceis e tenebrosos.

O som contribui para a imersão da experiência e sinceramente eu não esperaria o contrário.

SOBRE VARIEDADE

Um “dungeon crawler” é um jogo que vive muito da variedade do “loot”, habilidades e combate. É razoável afirmar que quanto mais variedade um jogo deste género tiver, mais horas os jogadores vão passar a jogá-lo. Minecraft Dungeons é divertido mas a sua simplicidade impede-o de “voar mais alto” e sobretudo a falta de variedade em todos os níveis torna a experiência repetitiva mais rápido do que eu desejaria.

Não existem classes neste jogo, só se escolhe uma personagem baseada no visual. Existem contudo armas, itens e habilidades que podem levar a que um jogador funcione mais como um “healer”; um puro “brawler”; um “ranged”; um mágico ou até uma mistura entre todos. No fundo isto substitui a existência das classes tradicionais, torna a experiência mais simples mas retira-lhe “profundidade”.

Há uma diferença de jogabilidade natural entre aqueles jogadores que preferem o combate “melee” e os que optam por “ranged”, entre os “healers” ou os puros “brawlers”, no entanto não é significativa e em qualquer momento da experiência um jogador pode mudar o estilo de jogo através da troca de equipamento.

A COOPERAÇÃO

Minecraft Dungeons pode e deve ser jogado em modo de cooperação. Seja local ou online é importante jogar com amigos pois a experiência torna-se muito mais divertida e recompensadora. Também é uma boa maneira de combater a monotonia no jogo por isso fala já com os teus amigos caso estejas interessado.

MAIS DO MESMO SÓ QUE É MINECRAFT

Minecraft Dungeons é de facto Minecraft, é um jogo no Universo do “franchise” que tenta ser fiel aos princípios do grande jogo de construção. É claro que tem problemas, está longe de ser revolucionário dentro do género; está longe de ser tão inteligente; irreverente; criativo como o mais popular jogo de construção do planeta foi aquando do seu lançamento. Mas hoje em dia é difícil algum jogo sequer equiparar-se ao que Minecraft foi capaz de fazer.

A “verdade verdadinha” é que Minecraft Dungeons é um RPG de ação sólido mas que no entanto é curto e demasiado simplista para os jogadores mais exigentes. É uma experiência divertida mas que não demora muito tempo até tornar-se repetitiva. Apesar disso os fãs do Universo Minecraft têm aqui uma boa alternativa especialmente se gostam de RPG’s de ação e tiverem amigos com quem partilhar a experiência.

⭐⭐⭐

Apenas para os fãs de Minecraft
Minecraft Dungeons é um RPG de ação decente, mas se não fosse o nome “Minecraft”, ele  seria apenas mais um jogo pouco memorável a chegar ao mercado e que daria apenas para umas poucas horas de divertimento em cooperação. Falta-lhe escala e diversidade e embora seja interessante explorar o Universo Minecraft numa nova experiência, Dungeons simplesmente não está na mesma liga que os grandes colossos dentro do género.

Também poderás gostar de:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *