Owlboy Chegou ao PC!
Jogos Indie Notícias PC

Owlboy Chegou ao PC!

Os grandes lançamentos recentes talvez tenham ofuscado o lançamento de um título de plataformas e aventuras absolutamente delicioso e inteligente chamado Owlboy.

Da autoria da D-Pad Studio, Owlboy é um vibrante jogo de plataformas 2D que mistura também elementos de voo pelo meio. O jogo descreve-se como uma carta de amor em arte pixel para um novo público e de facto um dos primeiros aspectos que se destaca é o seu excelente trabalho artístico.

Owlboy não é só um regalo para os olhos como também é acompanhado por uma banda sonora de grande qualidade e uma jogabilidade simples mas precisa que torna a experiência ainda mais memorável.

Nós vestimos a pele de Otus, uma personagem que se esforça para cumprir com as expectativas da comunidade coruja. Todavia tudo começa a correr mal com o aparecimento repentino de piratas do ar que ameaçam a estabilidade.

Owlboy é mais uma pequena pérola do mercado independente de videojogos, um título 2D que vai buscar inspiração a clássicos como o Super Mario 3 e onde nada foi feito ao acaso. Está de parabéns a D-Pad Studio por ter feito tanto com o que devem ter sido os muito poucos recursos disponíveis.

Depois de uns impressionantes 9 anos de um desenvolvimento algo conturbado, Owlboy ganha finalmente vida e o produto final não poderia ser mais impressionante. O jogo é simples; divertido; artisticamente sublime e conta-nos uma bonita história de dificuldades e superação.

Porque o mercado não é composto apenas pelos jogos de grande orçamento e porque a verdadeira qualidade e originalidade pode ser encontrada nos jogos independentes, Owlboy é um jogo merecedor de uma atenção especial e até este momento a opinião dos jogadores parece ser unânime: É um jogo fantástico!

Se ainda não estás convencido então espera pela review da Gaming Portugal que será publicada durante as próximas semanas.

Marcio Olival

O Márcio é uma das forças editoriais da Gaming Portugal, ele também faz um pouco de tudo mas a sua preferência reside nos artigos de opinião. Regra geral ele não é comedido nas palavras, porém em vez de optar pela dureza extrema ele opta quase sempre pelo sentido de humor.

Também poderás gostar de: