Opiniões PC

Say No! More: Opinião

Na vida nós devemos sempre saber dizer que não e no mundo dos videojogos também. Say NO! MORE é uma deliciosa experiência no mundo corporativo que de forma humorística revela que o “não” até pode ser uma arma.

O mercado independente de videojogos continua a produzir títulos diferentes e polvilhados de originalidade e Say NO! MORE é mais um que veio junta-se à lista. Esta experiência casual é uma abordagem humorística ao stress e exigências do mundo corporativo na qual a nossa maior arma é a capacidade para dizermos “NÃO!”.

E se a ideia de um jogo no qual passas a maior parte do tempo a dizer “NÃO” aos teus colegas de trabalho te parece catártica? Então talvez esta seja uma experiência do teu interesse.

Um novo trabalho, uma nova vida

A vida começa verdadeiramente com o primeiro emprego e quando isso acontece nós estamos quase sempre na base da pirâmide. Pois bem, neste jogo é isso que acontece, nós vestimos a pele de mais um estagiário que vai trabalhar para uma empresa e será submetido às desvantagens naturais da sua posição.

Tudo parece encaminhado para um primeiro emprego pouco memorável e aborrecido mas eis que descobrimos o poder do “NÃO“. Quando isso acontece é como se a nossa personagem tivesse um super-poder, aliás neste jogo o “NÃO” é mesmo uma espécie de super-poder porque quando é bem utilizado pode ter consequências arrasadoras.

A história conta com muito diálogo, um “voice acting” francamente bom e um humor que acerta mais vezes do que falha. Enquanto vamos participando e assistindo à carreira profissional do nosso estagiário, que não demora muito a subir, vamos também chegando à conclusão que nós próprios poderíamos ser um pouco mais eficazes na utilização do “NÃO”.

É claro que o jogo vai um pouco mais longe. Em Say NO! MORE o “NÃO” pode ser destruidor ao ponto de rebentar com portas, janelas e tudo o que apanhar pela frente. Quem nos dera a nós que isso pudesse acontecer nas nossas próprias vidas, mas hey, pelo menos podemos fazê-lo num videojogo!

O grafismo NÃO é nada mau

Sem surpresas o Say NO! MORE não se leva muito a sério e o seu visual é um reflexo do absurdo e do sentido de humor de toda a experiência.

O jogo não é de forma alguma exigente mas é um excelente trabalho do ponto de vista artístico. Ele relembra-nos um pouco títulos como o Minecraft e um pouco os clássicos do final dos anos 90 numa altura em que o 3D ainda era algo rudimentar.

É um visual cheio de cor e naturalmente as personagens e os cenários reflectem a temática divertida do jogo. A simplicidade e pouca exigência de requisitos garante também que qualquer computador será capaz de o correr sem grandes problemas.

As animações são simples com uma nota especial para o andar das personagens que é hilariante. As animações do “NÃO” por vezes são épicas, especialmente nas situações em que causam muita destruição.

A jogabilidade NÃO é jogabilidade

Na maior parte do tempo nós somos espectadores e a jogabilidade resume-se a utilizar o “NÃO” em todas as suas variações. Há um “NÃO” mais fervoroso; um “NÃO” frio como o gelo; um “NÃO” pouco convincente entre outros. Para complementar o “NÃO” existem também pequenos gestos que podemos fazer como bater palmas, ou simplesmente sorrir para ridicularizarmos a pessoa que nos aborda.

O “NÃO” também pode ter várias intensidades e o mais forte de todos, como já referimos, “arruma” com escritórios o que é genial.

De resto não existe assim muito para fazer, pelo contrário neste jogo passa-se a maior parte do tempo a assistir ao desenrolar de uma história louca e muito divertida do que propriamente a jogar.

Isto NÃO é um jogo, é uma história

Nós temos alguma dificuldade para classificarmos o Say NO! MORE como um videojogo porque joga-se tão pouco e não existe qualquer tipo de desafio que tenha de ser ultrapassado para que a história continue a desenrolar-se.

A experiência é divertida, mas é o tipo de divertimento que retiramos quando assistimos a uma série de comédia absurda. É claro que no caso deste videojogo nós sempre vamos participando a dizer “NÃO” e há uma enorme satisfação nessa actividade mas mesmo isso é feito com muitas limitações.

Temos a certeza que todos aqueles que trabalham em escritórios e que de uma maneira ou de outra se sentem forçados a dizer que sim, vão sentir um enorme gozo ao dizerem que não a tudo. Mas apesar de ser recompensador destruir escritórios inteiros com uma simples palavra, é muito pouco para quem procura por um videojogo.

A história é boa mas curta. Nós chegámos ao fim do jogo em apenas duas horas e embora tenha sido uma experiência divertida, a sensação não foi a de que estivemos a jogar um videojogo mas sim a assistir a uma história.

Terá o seu valor para quem procura por algum humor e quer libertar as suas próprias frustrações profissionais, mas no geral e não obstante de termos gostado do que vimos, é-nos difícil recomendar um videojogo que no fundo não é um realmente um videojogo.

NÃO recomendamos Say NO! MORE mas gostámos de o jogar e pela primeira vez na nossa história vamos atribuir uma nota positiva sem recomendarmos a compra do jogo em questão.

Última atualização: Abril 29, 2021 às 21:03

É mais uma história do que propriamente um videojogo

Say NO! MORE é uma história muito divertida sobre o poder do "NÃO" no mundo corporativo e espalhar o caos pelo escritório com uma só palavra é de facto uma experiência divertida. Mas a realidade é que não estamos perante um videojogo mas sim uma história de comédia.

7
Não Recomendado:
7

Adepto do ar livre e dos desportos radicais, nós nunca sabemos se no próximo fim-de-semana ele não irá longe demais, levando a equipa a ficar com um elemento a menos. Quer dizer, o exercício é uma coisa boa, mas quando isso envolve quedas de grandes alturas ou escaladas perigosas, talvez seja melhor ficar em casa a jogar videojogos.

Apesar de ser editor, juntamente com o Diogo encarrega-se de gerir toda a equipa, é uma espécie de terceiro “boss” que muitas vezes acaba por ser o primeiro. Para além de escrever para o website ele é responsável pela verificação de conteúdo e por corrigir muitas das falhas que nós cometemos quando queremos trabalhar rápido demais.

Também poderás gostar de:

Subscrever
Notificações de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
ESTAMOS AGORA AO VIVO!
AO VIVO na Twitch todos os dias!!
0
Partilha tua opinião, comenta.x
()
x