Notícias PC

SWTOR: Queda no Número De Subscritores

SWTOR: Queda no Número De Subscritores

Star Wars: The Old Republic foi recebido com um enorme entusiasmo por gamers de todo o mundo, ou não tivesse ele como pano de fundo a épica história de Star Wars. O novo MMO prometia ser um concorrente de peso para o World Of Warcraft da Blizzard e até lhe conseguiu “roubar” alguns clientes. No entanto os dados recentes revelam que o número de subscritores sofreu uma queda e “ingame” muitos têm reparado que são cada vez menos aqueles que o jogam.

O grande desafio do formato “pay-to-play” é a necessidade de justificar o investimento numa mensalidade, algo que hoje em dia não é muito fácil primeiro porque os MMO “free-to-play” multiplicam-se e segundo porque a cada dia que passa a sua qualidade aumenta.

Este ano vai marcar a entrada no mercado de títulos como o Firefall, Guild Wars 2 ou o Planetside 2, ou seja, estamos a falar de MMO’s que para além de serem muitos esperados vão seguir todos o formato “free-to-play“. Alguns analistas afirmam que à medida que o tempo passa torna-se mais difícil para que um novo MMO “pay-to-play” seja bem sucedido no mercado.

Senão vejamos, na fase inicial de lançamento 1.7 milhões de subscritores desfrutaram deste título, um número considerável mas que se esperava tendo em conta o interesse que o jogo gerou, todavia passados alguns meses esse número desceu para os 1.3 milhões.

A descida não é de todo significativa e nem sequer é inesperada, depois do período de maior interesse é normal a queda do número de subscritores. Por exemplo o mesmo acontece com o WOW, sempre que sai uma nova expansão o número de subscritores aumenta e alguns meses depois desce. De qualquer maneira também é verdade que uma queda do número de subscritores tem sempre alguma importância mesmo que seja esperada.

Mas o que mais preocupa não é esta descida, mas sim o número de jogadores online que parece estar a diminuir. O futuro advinha-se complicado para SWTOR e já são muitos os que consideram a passagem para “free-to-play” uma inevitabilidade do destino.

Fonte: PC Gamer

Helio Costa
Apesar de ser editor, juntamente com o Diogo encarrega-se de gerir toda a equipa, é uma espécie de terceiro “boss” que muitas vezes acaba por ser o primeiro. Para além de escrever para o website ele é responsável pela verificação de conteúdo e por corrigir muitas das falhas que nós cometemos quando queremos trabalhar rápido demais.

Também poderás gostar de: