Notícias

TAIKAI lança desafio sustentável aos criadores de jogos

Com o objetivo de consciencializar a comunidade para os problemas da sociedade atual, a TAIKAI, plataforma de inovação aberta, lança o seu primeiro desafio online – o Game Jam 1.0.

Programadores, designers, artistas, escritores e entusiastas de jogos irão competir para criarem o melhor jogo digital ou analógico que responda a um ou mais objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU, segundo os parâmetros de avaliação definidos pela organização. As candidaturas estão abertas até 31 de março e podem ser feitas através do link.

A startup portuguesa pretende, assim, incentivar participantes de todo mundo a formarem equipas com conhecimento não só na vertente tecnológica, como também em outras áreas que possam fazer a diferença na competição.

A organização acredita ainda que a sinergia e criatividade aplicada nos projetos apresentados pelas equipas a concurso produzirão experiências de jogo únicas, capazes de influenciar a população a adotar no seu dia-a-dia uma maior consciência social, contribuindo para transformar as gerações futuras.

“Com o Game Jam 1.0, queremos encorajar os entusiastas de jogos, profissionais e aficionados pelos desafios online a usarem a nossa competição como playground para aprenderem novas skills, testarem ideias ou simplesmente apoiarem a sua equipa com feedback construtivo.

Em simultâneo, estarão a consciencializar a sociedade para as temáticas de sustentabilidade que cada vez mais se revelam um pilar essencial para a construção de um mundo melhor. Acreditamos que o futuro passa por competições online, precisamente, para que qualquer pessoa no mundo possa participar e dar o seu contributo à comunidade”, explica Mário Alves, fundador e CEO da TAIKAI.

O projeto vencedor desta iniciativa da TAIKAI receberá 100.000 KAI (moeda virtual da TAIKAI), 3 Nintendo Classic Mini e 1 T-shirt de edição especial da TAIKAI para cada elemento da equipa. Os restantes dois lugares do pódio serão também premiados.

A plataforma de gestão de competições de inovação baseada em tecnologia blockchain estreou-se no Pixels Camp, o maior hackathon português, em março de 2019. Durante o último ano, a startup portuense tem ajudado organizações como a EDP, NOS, Sonae, Glintt, PBS, Junitec e Universidade Nova de Lisboa a gerirem as suas competições de inovação aberta.

Mais informações em taikai.network.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *