Indie Report Jogos Indie PC

This Strange Realm Of Mine: Indie Report

This Strange Realm Of Mine

This Strange Realm Of Mine é um FPS com elementos de terror psicológico e poesia num estilo gráfico que mistura 3D com arte pixel. O jogo talvez seja desconhecido para a maior parte dos gamers mas é mais um título independente polvilhado de originalidade e o mais recente destaque da nossa rubrica “Indie Report“.

Em “This Strange Realm Of Mine” nós exploramos a vida depois da morte numa aventura surreal na qual será necessário sujarmos as mãos para derrotarmos os inevitáveis seres monstruosos que tentam destruir-nos.

O jogo é sem dúvida uma jornada curiosa e mais uma experiência única no mundo dos videojogos. Mais impressionante é o facto de ter sido uma só pessoa a desenvolver este jogo, algo que só é possível graças ao mercado independente de videojogos.

Realm foi lançado de forma modesta no passado dia 19 de Julho e é um daqueles títulos que infelizmente não é suportado por uma “máquina promocional” de peso. Como consequência o seu lançamento passou despercebido para a maior parte dos gamers.

Mesmo assim das poucas críticas que recebeu o jogo conseguiu acumular uma média positiva de análises de utilizadores que elogiam a sua qualidade, abordagem única ao género FPS e a sua história envolvente sobre a imortalidade.

O jogo possui uma jogabilidade semelhante aos FP’s “old school”; mundos fantásticos para explorar; puzzles; uma banda sonora original e tal como foi referido no parágrafo anterior, uma história de qualidade.

Pode não ser uma escolha popular mas “This Strange Realm Of Mine” reúne ingredientes mais do que suficientes para merecer uma vista de olhos mais atenta.

Helder Sousa

Adepto do ar livre e dos desportos radicais, nós nunca sabemos se no próximo fim-de-semana ele não irá longe demais, levando a equipa a ficar com um elemento a menos. Quer dizer, o exercício é uma coisa boa, mas quando isso envolve quedas de grandes alturas ou escaladas perigosas, talvez seja melhor ficar em casa a jogar videojogos.

Também poderás gostar de: