Vídeos Originais

Nesta página nós disponibilizamos a lista de artigos onde publicámos vídeos da autoria da Gaming Portugal. Estes vídeos são publicados directamente no nosso website e podem ser partilhados, descarregados e até incorporados nos vossos próprios websites.

Gunfire Reborn: Opinião (acesso antecipado)
Gunfire Reborn é um FPS roguelite com elementos de RPG. É mais um pequeno jogo independente que se faz valer da simplicidade para proporcionar uma experiência divertida e com uma forte e recomendada componente de cooperação. Estamos perante mais um jogo no qual a experiência em cada nova sessão de jogo é aleatória, ou seja, significa que cada vez que reiniciamos teremos à nossa espera uma experiência diferente. Os jogadores controlam heróis com diversas habilidades e podem fazer inúmeras combinações bem como utilizar todo o tipo de armas que alteram a jogabilidade. A experiência pode ser desfrutada a solo ou em modo de cooperação. ATENÇÃO PORQUE ISTO É ACESSO ANTECIPADO Antes de avançarmos com a nossa opinião é importante esclarecermos que um jogo em "acesso antecipado" ainda se encontra em desenvolvimento e não é um produto final. É por isso natural que os jogadores encontrem "bugs", que algumas funcionalidades do jogo não estejam disponíveis ou que existam outros problemas.  Ao estar em desenvolvimento também significa que - se tudo correr bem - a experiência de jogo será alvo de muitas melhorias até ao seu lançamento oficial. GRAFISMO Visualmente Gunfire Reborn é um trabalho artístico muito interessante que faz uso do "cel shading" para proporcionar um visual muito ao estilo do que vemos por exemplo no "franchise" Borderlands. Parece ter sido ...
Ler Mais
A Lenda do Herói: Opinião
E que tal um jogo de plataformas que é simultaneamente um musical? Eu sei que parece estranho, mas "A Lenda Do Herói" é isso mesmo, por um lado é um jogo de plataformas 2D tradicional com um visual "old school", pelo outro é um divertido musical onde é difícil não esboçarmos um sorriso quando o estamos a jogar. Verdade seja dita, não fosse a componente musical e "A Lenda Do Herói" seria apenas mais um jogo 2D de plataformas em estilo de homenagem aos grandes clássicos. Mas num género cada vez mais saturado é importante que os jogos tenham características diferenciadoras e para os brasileiros da Dumativa a canção trouxe a diferenciação. Talvez a melhor forma de descrever "A Lenda Do Herói" é a de que se trata de um videojogo que é simultaneamente um musical. A força da banda sonora é inegável nos videojogos, porém neste em particular ela tem um peso ainda maior. No jogo as nossas ações são narradas pela banda sonora, que é como quem diz, o cantor no fundo canta a música da nossa aventura. Quando encontramos inimigos, quando derrotamos inimigos ou quando ficamos em apuros, a música vai reflectindo todos esses momentos. Aqui fica um vídeo de jogabilidade (não te preocupes porque ele não revela demasiado do jogo): Este jogo é diferente, é divertido ...
Ler Mais
Disintegration: Opinião
Disintegration é um FPS com elementos de RTS no qual os jogadores controlam um veículo poderoso e participam em batalhas épicas quer seja em modo de história ou multijogador. No jogo nós vestimos a pele de Romer Shoal, um antigo piloto de um "Gravcycle" que é um veículo ultra-poderoso que pode espalhar o caos em qualquer campo de batalha. Romer vê-se obrigado a voltar a pilotar um "Gravcycle" devido às forças maléficas da "Rayonne" que pretendem eliminar todos os vestígios da humanidade. Digamos que Disintegration não é o FPS tradicional na medida em que não controlamos a personagem, mas sim o "Gravcycle" que é o veículo da nossa personagem. O "Gravcycle" é um veículo anti-gravidade de uma pessoa que no início chegou a ser utilizado para missões de salvamento, reconhecimento e até agricultura, mas eventualmente acabou transformado numa arma de guerra bastante eficaz e letal no campo de batalha. A HISTÓRIA A história do jogo apresenta-nos o conceito de "integração" ("Integration" em inglês) que é um processo que permite a integração do cérebro humano num corpo robótico. As vantagens são óbvias, o homem "livra-se de incómodos" como os órgãos vitais e transforma-se numa máquina que necessita apenas de alguma manutenção. Romer, o protagonista do jogo, foi alvo de uma integração bem como os seus "companheiros de guerra" no jogo. Desde ...
Ler Mais
Desperados III: Opinião
Após 13 anos de espera desde o último jogo, eis que o épico "franchise" está de volta com o Desperados 3 que é curiosamente o quarto jogo da série e traz consigo mais uma épica aventura no velho oeste. Desperados III é à semelhança dos seus antecessores um RTT, que é como quem diz, um jogo de tácticas em tempo real. Ora isto significa que é semelhante por exemplo a um jogo de estratégia em tempo real. Não é como o típico jogo de ação "non-stop" mas antes uma aventura mais cerebral que recompensa o bom pensamento estratégico e na qual o planeamento é tão importante como a execução. É portanto um género que não é para todos, sobretudo para quem anda à procura de uma espécie de Read Dead Redemption. Desperados III é uma experiência completamente diferente e a única coisa que tem em comum com o gigante da Rockstar é só mesmo o cenário do velho oeste.  Este jogo é uma prequela do jogo original de 2001 chamado "Desperados: Wanted Dead or Alive" e transporta-nos para o velho oeste para nos contar uma história na qual John Cooper terá de defrontar demónios do seu passado. Nesta busca por vingança, Cooper vai juntar forças a uma noiva em fuga chamada Kate O Hara, ao perigoso Arthur "Doc" McCoy; o ...
Ler Mais
HammerHelm: Opinião (acesso antecipado)
HammerHelm descreve-se como uma mistura única entre um jogo de aventura na terceira pessoa e uma experiência de construção. No jogo podes criar a tua personagem; a tua própria cidade; realizar quests, criar armas e armaduras bem como derrotar inimigos. Mas será que este jogo tem o que é preciso para conquistar o seu lugar ao sol? Desde já é importante referir que um jogo em "acesso antecipado" sofre de limitações óbvias pelo facto de se tratar de um produto inacabado e que à partida deverá receber inúmeras melhorias até ao seu lançamento oficial. Apesar disso assim que um título chega ao mercado e mesmo que o lançamento seja realizado em "acesso antecipado" a realidade é que ele está disponível para compra e como tal isso permite-nos opinar sobre o mesmo. A História Nesta fase ainda não há muita história neste jogo, nós essencialmente controlamos um anão ao estilo do que vimos por exemplo num "Senhor Dos Anéis" e tentamos liderar a nossa espécie até à prosperidade. Como referi em cima podemos fazer quests; construir; criar novas armas e por aí fora. O Grafismo HammerHelm é um jogo independente e logicamente eu não estava à espera de encontrar uma potência gráfica capaz de rivalizar com os grandes títulos AAA no mercado. Estava no entanto à espera de alguma qualidade no ...
Ler Mais
Minecraft Dungeons: Opinião
Minecraft é um nome bem conhecido por jogadores de todo o mundo e naturalmente não é surpresa para ninguém que o novíssimo Minecraft Dungeons estivesse na lista dos jogos mais esperados nesta primeira metade de 2020. Pois bem, o novo RPG de ação do Universo Minecraft chegou finalmente ao mercado e será que vale a compra? Primeiro é importante esclarecer que Minecraft Dungeons é um RPG de ação, isto significa que ele não tem elementos de construção e é focado apenas nos elementos de ação e aventura. Se porventura já tiveste a oportunidade de jogar um Diablo 3 ou qualquer um dos jogos do "franchise" Torchlight sabes o que esperar deste título. Minecraft Dungeons é simplesmente um jogo cuja ação decorre no popular Universo Minecraft, isto significa que se é construção que procuras, Minecraft Dungeons não é o jogo para ti (compra antes o Minecraft). Como referi em cima Minecraft Dungeons é um RPG de ação que se "encaixa nos moldes" dos grandes clássicos do género na medida em que a jogabilidade é muito semelhante às principais referências. É o chamado "dungeon crawler" tradicional no qual temos uma personagem que vai ganhando experiência e subindo de nível à medida que vamos progredindo no jogo, há muito "loot" (armas, equipamentos etc...) à nossa disposição bem como habilidades para desbloquearmos e o ...
Ler Mais
MotoGP 20: A Excelência da Simulação
MotoGP é um daqueles "franchises" inevitáveis para os grandes fãs de motociclismo e o MotoGP 20 é a mais recente entrada na série e traz consigo mais qualidade e realismo. Eu sempre apreciei jogos de corridas com uma forte componente de simulação e MotoGP 20 é isso mesmo. O jogo coloca-nos na pele de um piloto profissional de motociclismo e tenta traduzir para o mundo dos videojogos o entusiasmo e a adrenalina extrema da condução à mais alta velocidade. Depois do muito bem sucedido e aclamado MotoGP 19 os fãs esperavam naturalmente que o MotoGP 20 continuasse  a jornada de sucesso da popular série de jogos e a boa notícia é que este jogo não só é uma sequela à altura como também tem tudo para ser apelativo até para os jogadores que nunca se aventuraram pelo género. A Milestone srl tem uma longa experiência no desenvolvimento de simuladores e MotoGP 20 é, à semelhança do seu antecessor, a continuação do excelente excelente trabalho que tem vindo a ser desenvolvido ao longo dos anos. Mas vamos ao que interessa. "Visualmente MotoGP 20 é um regalo para os olhos" Os simuladores de corridas regra geral costumam ser visualmente trabalhos notáveis e a série MotoGP não é exeção. À semelhança do que acontece com os seus antecessores, também MotoGP 20 corre em ...
Ler Mais
THE LONGING: Opinião
The Longing é um sem dúvida alguma uma experiência original, no entanto o seu ritmo lento poderá afastar aqueles que procuram experiências mais imediatas. Neste pequeno jogo de aventura nós vestimos a pele de uma sombra solitária que espera pacientemente que o sei rei e criador acorde passados 400 dias. O que é invulgar nesta experiência é que nós enquanto jogadores também vamos ter de esperar esse mesmo tempo porque tratam-se de 400 dias reais. Ou seja, se começarmos a jogar agora, só em 2021 vamos poder ver o rei a acordar e chegar ao fim da história. Durante esses 400 dias a nossa missão é ir explorando o local, melhorar os nossos aposentos e acima de tudo desfrutar da solidão. The Longing é de facto uma experiência diferente, fica a conhecê-lo melhor no vídeo. ????? ver no LBRY | ver no Youtube | ver no Dailymotion | ver no Facebook The Longing é um conceito interessante mas não é de todo o tradicional jogo de aventura. A experiência é lenta e talvez dolorosamente lenta para alguns jogadores e só mesmo quem apreciar o conceito é que vai poder tirar partido dela. Eu recomendo porque o acho fascinante mas fica o aviso de que este jogo não é definitivamente para todos. ??? ...
Ler Mais
LUNA The Shadow Dust: Opinião
LUNA The Shadow Dust é uma interessante aventura gráfica que nos transporta para um mundo encantado que aguarda iluminação. Estamos perante um jogo "Point & Click" que conta com animações 2D de grande qualidade e que revela a sua história sem recorrer a qualquer tipo de texto ou voz. Embora não seja um título revolucionário, este jogo é uma aventura sólida, um excelente trabalho no departamento visual e um título que deverá ser apreciado sobretudo pelos fãs do género. Vê o vídeo e fica a saber as razões que me levam a recomendar este jogo. ???? ver no LBRY | ver no Youtube | ver no Dailymotion | ver no Facebook LUNA The Shadow Dust pode ser um jogo modesto mas é uma aventura divertida e sólida em todas as áreas que deverá deixar satisfeitos os grandes fãs de jogos "Point & Click ". ??? ...
Ler Mais
Table Manners: Opinião
O "Dia Dos Namorados" está a chegar e para o celebrar da melhor maneira eu decidi jogar o divertido "Table Manners", um jogo de encontros no qual os jogadores podem encontrar o amor. Imaginem o "Carro Do Amor" agora retirem o carro da equação, substituam o cenário por um jantar num bom restaurante e adicionem à mistura uma pessoa muito desastrada que derrama vinho por todo o lado e no fundo não tem jeito nenhum para primeiros encontros. O Table Manners é mais ou menos isto. Não é fácil atingir o encontro perfeito neste jogo, mas é incrivelmente divertido tentar chegar lá e sobretudo falhar miseravelmente na maior parte das tentativas. A experiência é de facto muito divertida e fica a conhecer as razões que me levam a recomendar este jogo. ??? ver no LBRY | ver no Youtube | ver no Dailymotion | ver no Facebook Table Manners é simples mas incrivelmente divertido. Ele não perde tempo e vai directo ao assunto, os encontros são divertidos porque se já não é fácil realizar as tarefas mais simples, imaginem quando elas são ainda mais complicadas. Eu diria que este é o jogo ideal para o Dia Dos Namorados e também para grupos de pessoas que se queiram divertir e tentar à vez realizar o encontro perfeito. ??? ...
Ler Mais

Acompanha a Gaming Portugal nas redes sociais.