Jogos Indie Notícias PC

Projeto No Kickstarter Desaparece Com Dinheiro Dos Backers

Projeto No Kickstarter Desaparece Com Dinheiro Dos Backers

O jogo em questão chama-se Mansion Lord, conseguiu obter mais de 30 mil dólares de financiamento sem contabilizar aquele obtido através do Paypal e conseguiu também a proeza de levar luz verde no Greenlight da Steam. No entanto e subitamente a Golgom Games deixou de publicar updates sobre o projeto, à medida que o tempo foi passando os websites também desapareceram e tudo indica que a companhia “fugiu” juntamente com o dinheiro dos “backers”.

Quando o conceito de “financiamento coletivo” (em inglês Crowdfunding) ganhou força os gamers e os criadores de videojogos ficaram muito entusiasmados. Pouco tempo depois assistiu-se à hegemonia do financiamento coletivo, os gamers podiam apoiar os projetos em que acreditavam e os criadores de videojogos poderiam receber “feedback” muito valioso. Houve vários casos de sucesso que foram financiados neste formato, mas também existiram muitos casos de insucesso quer por falha ao atingir a meta de financiamento, ou por incapacidade de cumprir com o prometido aos “backers”.

Hoje os gamers olham para o “financiamento coletivo” com mais cautela, mas isso não significa que alguns deles não sejam enganados. O caso Mansion Lord é um exemplo perfeito disso, o projeto parecia ser sério e interessante, embora os seus criadores se tenham escondido atrás do nome Golgom Games e ninguém soubesse a sua identidade. De qualquer maneira os gamers ficaram entusiasmados e apoiaram o projeto, a campanha foi bem sucedida e até no Greenlight da Steam ele levou luz verde.

Estavam criadas as condições para que o jogo “visse a luz do dia” mas não foi isso que aconteceu. Dois anos depois ninguém sabe da Golgom Games, nem tão pouco do dinheiro de todos aqueles que apoiaram o Mansion Lord. É um caso “bicudo” mas que todos nós sabíamos que mais cedo ou mais tarde iria acontecer, aliás este é mesmo um dos perigos do financiamento coletivo.

Para evitares que isto te aconteça no futuro, certifica-te sempre que os autores de um projeto no Kickstarter estão devidamente identificados, que a companhia existe e de facto está a trabalhar no projeto e que em caso de fuga com o dinheiro do financiamento, existem formas de identificar as pessoas envolvidas.

Nós já o dissemos no passado e voltamos a reforçar hoje: antes de apoiarem um projeto investiguem-no bem de forma a garantirem que estão a apoiar algo sério.

Obrigado, Kotaku

Paulo Figueiredo

Paulo Figueiredo

Editor em Gaming Portugal
O Figueiras é um elemento fundamental do Gaming Portugal e a figura mais respeitada da equipa. A sua vida atarefada e cheia de responsabilidades impede-o de acumular uma posição de maior destaque, embora mesmo se tivesse essa oportunidade o mais certo era ele recusá-la. A sua participação no Gaming Portugal é motivada principalmente pelo gosto por gaming e dá-lhe um prazer especial saber que nesta casa a “independência” é uma característica definidora.
Paulo Figueiredo

Últimos posts por Paulo Figueiredo (exibir todos)

Também poderás gostar de:

A Gaming Portugal Recomenda

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Política de Privacidade & Cookies

Este site (tal como todos os outros) utiliza cookies. Ao navegares na Gaming Portugal estarás a consentir a sua utilização.