Notícias PC 1

Cities Skylines: Pirataria não Preocupa Paradox

Cities Skylines: Pirataria não Preocupa Paradox

A pirataria já foi encarada como “inimigo público nº 1” por muitas companhias, mas à medida que o tempo vai passando e todos percebem que ela é inevitável, são cada vez mais as companhias que colocam de parte as suas preocupações e focam-se em criar um produto de qualidade. Ainda bem!

A Paradox lançou recentemente o Cities: Skylines, um jogo de construção e gestão de cidades que está a ser um sucesso. Ora tal como qualquer jogo bem sucedido, também o Cities: Skylines está a ser alvo de pirataria, mas a companhia não está preocupada.

O plano é simples, em vez de tentarem combater a pirataria com um sistema de DRM absurdo, a Paradox opta por melhorar o jogo sucessivamente através de updates grátis. Ao fazer isso a companhia espera que todos aqueles que fizeram download da versão pirata do jogo, se cansem de instalar os updates das versões piratas que são ligeiramente mais lentos a surgir e mais complicados de instalar do que quando se tem a versão original através da Steam.

Essencialmente, através da Steam os updates são automáticos (o utilizador não precisa de fazer nada) e com a versão pirata o jogador é obrigado a fazer o processo manualmente. Cities: Skylines está a ser um fenómeno de popularidade com muitos gamers a afirmarem que ele é tudo o que SimCity não foi capaz de ser.

Já sobre a pirataria, a Paradox não se chateia e só espera que eventualmente todos gostem tanto do jogo que acabem mesmo por comprá-lo.

 Obrigado, Shams Jorjani

Diogo Mota

Diogo Mota

Editor-Chefe em Gaming Portugal
O Diogo é o organizador, todo o conteúdo do website passa de uma forma ou de outra pelas suas mãos, ele certifica-se que os padrões de qualidade são sempre altos e se a Gaming Portugal é hoje uma máquina relativamente bem oleada, isso acontece em grande parte graças ao seu trabalho.
Diogo Mota

Últimos posts por Diogo Mota (exibir todos)

Também poderás gostar de:

A Gaming Portugal Recomenda

 

1 Comentário

  • Responder
    vila4480
    6 de Abril de 2015

    Esta sempre foi a atitude da Paradox em todos os jogos e que em parte faz dela um gigante nos nichos normalmente inexplorados pelas grandes companhias.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Política de Privacidade & Cookies

Este site (tal como todos os outros) utiliza cookies. Ao navegares na Gaming Portugal estarás a consentir a sua utilização.