PC Previews PS3 Xbox 360

Driver: San Francisco De Volta Aos Velhos Tempos

Driver: San Francisco De Volta Aos Velhos Tempos

[dropcap]J[/dropcap]á lá vão cinco anos desde que saiu o último Driver para o mercado, ele chamava-se Parallel Lines e diga-se de passagem não foi propriamente um jogo bem conseguido. Aliás, no que a Driver diz respeito a partir do segundo digamos que apenas fomos presenteados com amostras medíocres daquele que foi um dos videojogos de corridas mais “cool” de que há memória. Mas agora e passados cinco anos de trabalho, um novo Driver prepara-se para voltar às prateleiras e recuperar uma glória que foi entretanto sendo perdida…

O primeiro Driver surgiu em 1999 na “velhinhaPlaystation e foi numa só palavra, ESPECTACULAR. Gráficos de qualidade (pelo menos para altura) uma jogabilidade acessível e um estilo rebelde marcaram um jogo que era totalmente sobre perseguições e fugas em alta velocidade.

Um ano depois a segunda edição apresentava melhorias significativas e mantinha o mesmo estilo que fez do primeiro jogo um sucesso. Mas passados quatro anos o “caldo foi entornado” com uma terceira edição desastrosa que ninguém quis jogar. Finalmente em 2006 foi a vez da quarta edição chamada Parallel Lines, porém tal como a anterior esta também não foi bem recebida pelos fãs.

Agora 5 anos depois, a saga Driver volta a ser o centro das atenções e alvo de conversa entre gamers. O jogo está a ser desenvolvido pela Ubisoft Reflections que para além de ter sido responsável pelos Drivers anteriores foi também a criadora do popular Destruction Derby, um jogo que certamente os gamers mais “old school” se devem recordar.

Eu vou ser sincero, quando soube que este novo Driver estava a ser desenvolvido por eles não fiquei muito esperançoso, principalmente porque as edições mais recentes não foram de todo satisfatórias. Todavia depois de ver a apresentação na E3 no ano passado, passei a acreditar mais neste jogo:

Martin Edmondson (Director Criativo) explicou então que eles pretendem voltar aos velhos tempos e essencialmente ao que tornou Driver um jogo de culto. O objectivo é tentar transmitir ao gamer as sensações únicas de uma perseguição em alta velocidade, enquanto ao mesmo tempo se oferece um mapa gigantesco e mais interessante do que isso, a possibilidade de podermos conduzir virtualmente qualquer carro, uma ideia que eu achei bastante interessante.

Driver

Apesar de ser um um jogo com um mundo aberto e nesse aspecto ser semelhante a um GTA, na realidade Driver pretende distanciar-se do género focando-se totalmente na condução. Quase parece ser um GTA mas sem a necessidade de sairmos do carro, o que diga-se de passagem, foi uma receita de sucesso no passado.

Driver: San Francisco

Gostei do estilo, gostei da ideia de voltar aos velhos tempos e gostei principalmente porque me parece que desta vez não existem invenções. A Ubisoft Reflections optou por focar-se apenas naquilo que sabe fazer melhor e a quarta edição tem condições para voltar a revitalizar um franchising que ficou esquecido no tempo.

Em Setembro vamos descobrir se Driver: San Francisco será uma continuação digna e capaz de ofuscar os recentes fracassos da saga. Eu espero que sim porque já começo a ter saudades do “velhinho” Driver.

Helio Costa

Helio Costa

Editor em Gaming Portugal
Apesar de ser editor, juntamente com o Diogo encarrega-se de gerir toda a equipa, é uma espécie de terceiro “boss” que muitas vezes acaba por ser o primeiro. Para além de escrever para o website ele é responsável pela verificação de conteúdo e por corrigir muitas das falhas que nós cometemos quando queremos trabalhar rápido demais.
Helio Costa

Últimos posts por Helio Costa (exibir todos)

Advertisements

Também poderás gostar de:

A Gaming Portugal Recomenda

 

Deixe um comentário

Política de Privacidade & Cookies

Este site (tal como todos os outros) utiliza cookies. Ao navegares na Gaming Portugal estarás a consentir a sua utilização.