Artigos

Compras de Natal 2021: As nossas sugestões

Já se começa a falar sobre o Natal e inevitavelmente são muitos os que começam a comprar as prendas de Natal para este ano. Pois bem cá estamos nós, mais uma vez, com sugestões de prendas. Este ano temos alguns repetentes em relação à lista de sugestões do ano passado e claro, algumas novidades.

Queremos deixar sobretudo um alerta para todos os pais:

Verifiquem sempre o PEGI antes de comprarem um videojogo para os vossos filhos.

Podem consultar essa informação na própria caixa do jogo:

Para além disso também podem visitar o website oficial e realizar uma pesquisa do nome do jogo. Esperamos que em 2021 os pais façam compras mais responsáveis e tenham consciência de que esta indústria é cada vez mais adulta e existem jogos direccionados para esse mesmo público.

Tal como no ano passado, nesta lista de sugestões:

  • a numeração é meramente indicativa;
  • são sugestões baseadas nas nossas opiniões pessoais e técnicas sobre os produtos listados;
  • alguns itens na lista possuem links para compra nas nossas lojas parceiras;
  • se estiveres à procura de jogos de PC interessantes para o Natal dá uma vista de olhos pela nossa página de curador na Steam;
  • se pretenderes adicionar sugestões deixa-as através de um comentário.

1. PC de gaming

Em 2021 o PC continua a ser a plataforma de gaming por excelência. A sua natureza multifacetada não tem paralelo na indústria e até mesmo as poderosas consolas da nova geração não conseguem rivalizar com isso.

Sim, continua a ser a plataforma que exige um maior investimento inicial. Um bom PC de gaming é dispendioso, bem como os acessórios do costume (teclado, rato, comando, headset etc…) mas é um daqueles investimentos que compensa muito a longo prazo porque, como todos sabemos, pode-se fazer muito mais do que jogar videojogos num computador.

A nossa recomendação e que garante a maior poupança continua a ser:

  1. Comprar as peças em separado nas muitas lojas (online e físicas) disponíveis em território nacional (nós recomendamos a Clickfiel);
  2. Recorrer a uma loja local (devidamente especializada e se tiverem confiança no trabalho) para a realização da montagem do computador e prestar aconselhamento adicional;

2. Nintendo Switch

A Nintendo Switch continua a somar e a seguir e em boa verdade ela é muito provavelmente a melhor consola actualmente disponível no mercado. Hoje para além da versão normal, também existe a Switch Lite que se limita apenas à experiência portátil e o novíssimo modelo OLED que oferece um ecrã de melhor qualidade.

Três alternativas é uma excelente notícia e a escolha vai depender das necessidades de cada um. A Nintendo Switch normal é na nossa opinião a escolha acertada, a Lite é mais económica e poderá ser indicada para quem só pretende diversão portátil, já o modelo OLED é indicado para quem procura por maior qualidade de imagem e a versão mais moderna da consola.

O que é certo é que em 2021 ela continua a ser a única plataforma cuja experiência pode ser desfrutada no ecrã da televisão ou no ecrã da consola, é a mais fácil de transportar e uma das mais divertidas para se jogar com amigos.

Junte-se a isto o impressionante catálogo de jogos da Nintendo e o grande número de títulos independentes e é seguro afirmar que a consola híbrida da Nintendo ainda tem muito para dar ao mercado.

3. PS5 e Xbox Series X/S

São dispendiosas, são robustas e no fundo, no fundo, são computadores de gaming disfarçados de consolas.

A PS5 e a Xbox Series X|S pertencem à nova geração de consolas e são um upgrade considerável quando comparadas com as suas antecessoras. Ambas são impressionantes a correrem videojogos da última geração e apesar do seu preço elevado, ambas destacam-se como uma excelente aquisição para este Natal.

Uma nota especial para o tamanho hercúleo da PS5 (é ENORME para uma consola), mas o que é certo é que a Playstation continua a reinar em Portugal e talvez por isso seja a compra mais acertada para quem pretende jogar com amigos.

4. Evercade a portátil para o retrogamer

A Evercade é uma pequena consola portátil toda ela dedicada ao retrogaming. É um pedaço de hardware moderno muito interessante que traz consigo toda a nostalgia dos grandes clássicos.

Tal como a Nintendo Switch também esta consola pode ser ligada à TV, porém é na experiência portátil que ela se destaca. Com cartuchos únicos que albergam múltiplos jogos e preços que são na generalidade mais acessíveis, a Evercade destaca-se como uma excelente prenda para o retrogamer aí de casa.

Se porventura vais oferecer algo a um jogador que é apreciador dos grandes clássicos esta é uma excelente oportunidade para colocares-lhe nostalgia nas mãos.

Ela está à venda na Amazon.

5. LaunchBox + Disco Externo ou MINI-PC para retrogamers

O LaunchBox é um dos melhores “frontends” actualmente disponíveis no mercado e dá uma fantástica prenda sobretudo para os fãs de retrogaming. Dá trabalho e são necessários conhecimentos básicos sobre emulação e emuladores, mas o software é tão versátil que permite a sua instalação num computador, num mini-computador ou até num simples disco externo ou pen USB.

No início deste ano nós avaliámos a fundo este software e os resultados finais não poderiam ser melhores. Para além de ser genial para emulação a realidade é que o LaunchBox pode ser utilizado para gerir toda a colecção de videojogos e possui integração com plataformas populares como a Steam, Epic Games, GOG e muito mais.

Na nossa opinião a melhor aplicação é num disco externo (USB 3.0) que depois pode ser transportado e ligado a qualquer computador.

6. Breathedge e a divertida sobrevivência espacial

Breathedge foi uma das surpresas mais agradáveis de 2021. O jogo é uma experiência de sobrevivência espacial que não se leva muito a sério e que é completamente genial na aplicação. Ele tem um pouco de tudo, desde elementos de sobrevivência culminando com elementos de construção de bases.

É visualmente sublime; possui uma longevidade notável e é um dos jogos de sobrevivência mais elogiados no mercado. Explorar o desconhecido nunca foi tão divertido, mas a falta frequente de oxigénio encarrega-se de criar também muita tensão e momentos memoráveis.

Desde o primeiro momento até ao último o jogo não desilude, pelo contrário é das experiências mais recompensadoras de 2021 e o seu preço acessível torna-o numa daquelas compras obrigatórias.

7. Tetris Effect: Connected

Um jogo de Tetris daria uma boa prenda? Se esquecermos o seu preço francamente elevado, nós acreditamos que sim. Tetris Effect pode estar longe de ser uma novidade no mundo dos videojogos pois foi lançado originalmente em 2018, mas é uma abordagem refrescante ao clássico de outros tempos.

A nova expansão “Connected” traz consigo novidades como o modo de cooperação bem como o competitivo online e local para aqueles que gostam de competir. E se por um lado é verdade que é de Tetris que estamos para aqui a escrever, também é verdade que este jogo em particular é das experiências mais divertidas, intensas e relaxantes que nós já tivemos a oportunidade de jogar.

É uma boa prenda acima de tudo para aqueles que jogaram o clássico Tetris mas ainda não puseram as mãos em cima deste jogo.

8. Psychonauts 2

Psychonauts regressou finalmente com o segundo título e que regresso! Psychonauts 2 é uma experiência adaptada aos tempos modernos que é visualmente deslumbrante mas que é também capaz de conservar as qualidades que fizeram do primeiro jogo um clássico.

Talvez um dos melhores jogos de aventura de 2021, estamos perante uma aventura robusta, muito bem executada em todas as áreas e que traz consigo uma história envolvente e entusiasmante.

É com enorme satisfação que assistimos ao regresso bem sucedido de um “franchise” que ganha agora um novo fôlego e nós só esperamos mais e melhor no futuro.

9. Crash Bandicoot 4: It’s About Time

Alguns jogadores não gostaram desta nova edição de mais um popular “franchise” mas esse não foi o nosso caso. Crash Bandicoot 4: It’s About Time é uma aventura sólida, divertida e desafiante o quanto baste. Isso faz dele uma experiência com características “old school” e uma simplicidade muito apreciada por nós.

Tudo se resume a “timing” e o caminho para a vitória envolve quase sempre inúmeras derrotas. Jogar e perceber as mecânicas é fácil, já no que diz respeito dominá-las na perfeição a conversa é outra.

Mas a jornada é sempre divertida, frenética e muito recompensadora. Tal como acontece com o Psychonauts 2, são poucos os jogos que conseguem proporcionar estes momentos e na nossa opinião Crash Bandicoot 4: It’s About Time é um deles.

10. Everspace 2

Espaço é a última fronteira e sem dúvida a mais fascinante fronteira que se pode ultrapassar. Everspace 2 é o segundo título de um “franchise” que aos poucos vai conquistando o seu espaço.

Nesta segunda aventura o pequeno “looter shooter” transformou-se num colosso de mundo aberto recheado de elementos RPG. Everspace impressiona no departamento visual e mantém a jogabilidade viciante da primeira aventura.

Para jogadores que apreciam aventuras espaciais não temos dúvidas de que este jogo é uma excelente prenda. No caso de comprares a versão de PC certifica-te de que o computador onde ele vai correr tem capacidade para lidar com este jogo.

11. Scarlet Nexus

Scarlet Nexus é um dos RPG’s mais interessantes deste ano e mais um jogo que se destaca pelos seu grafismo de grande qualidade aliado a um trabalho artístico fantástico.

O jogo transporta-nos para um cenário futurista e faz-se valer de um dos sistemas de combate mais dinâmicos, frenéticos e divertidos que nós já vimos num RPG. A história também é sólida e o jogo tem uma longevidade considerável e muito para se explorar.

No que a RPG’s diz respeito nós acreditamos que Scarlet Nexus está entre os melhores e isso faz dele uma excelente prenda de Natal.

12. Forza Horizon 5

O “franchise” Forza é um dos mais populares do planeta e Forza Horizon 5 traz consigo a excelência da experiência arcade com muitas corridas, veículos e um mundo aberto para explorar.

Há quem diga que é mais do mesmo, mas quando “o mesmo” é sinónimo de qualidade, ninguém fica a perder. O novo jogo é mais robusto, conta com um Universo ainda mais massivo do que os seus antecessores e há horas infindáveis de divertimento à espera dos fãs.

Se vais oferecer uma prenda a alguém que gosta de jogos de corridas, Forza Horizon 5 é um jogo a ter em conta.

13. Imagine Earth

Neste jogo de estratégia económica a nossa missão é a de explorar e povoar planetas distantes. Enquanto gestores destas colónias compete-nos a nós garantir que a nova civilização cresce de forma sustentada sendo que más decisões podem levar ao colapso climático.

Imagine Earth é uma experiência surpreendentemente relaxada mas que exige um bom pensamento estratégico. As mecânicas de jogo são excelentes e de compreensão fácil até para novatos dentro do género.

Talvez não seja o título mais conhecido ou popular no mercado mas é definitivamente uma boa prenda para os fãs do género. O preço acessível também faz dele uma prenda económica.

14. Twelve Minutes

Hideo Kojima elogiou o Luís António e não é caso para menos porque Twelve Minutes é facilmente um dos jogos mais interessantes do ano. Este thriller interativo em tempo real, com uma interface acessível e uma vista superior coloca os jogadores presos num “loop” de 12 minutos.

Sem ser propriamente revolucionário este jogo é alvo de uma aplicação fantástica e o facto de ter sido desenvolvido por um português torna tudo ainda mais interessante. Mas esqueçam a nacionalidade de quem o desenvolveu porque o mais importante é a qualidade da experiência e isso não falta a este jogo.

Intrigante, misterioso e muito divertido, Twelve Minutes foi uma surpresa agradável e merece cada cêntimo do seu preço. Também dá uma boa prenda.

15. Jogos independentes

O mercado independente de videojogos continua a “dar cartas” e todos os anos multiplicam-se as experiências de qualidade desenvolvidas por estúdios independentes. Na maior parte das vezes são estúdios que trabalham com orçamentos muito limitados mas isso não os impede de sonharam alto e, contra todas as expectativas, de criarem pérolas absolutamente fantásticas.

Seja nas consolas ou no PC o mercado independente continua em alta e a provar de que os estúdios independentes também se podem desenrascar sem as grandes editoras por detrás. Não é uma tarefa fácil e há muita luta pelo caminho mas não há nada mais memorável que assistir a um pequeno e modesto videojogo a transformar-se num colosso capaz de rivalizar até com os títulos de grande orçamento.

Como se isso não bastasse, os jogos independentes ainda têm a vantagem de serem quase sempre disponibilizados a preços justos e muito acessíveis.

Última atualização: Janeiro 7, 2022 às 10:26

O Diogo é o organizador, todo o conteúdo do website passa de uma forma ou de outra pelas suas mãos, ele certifica-se que os padrões de qualidade são sempre altos e se a Gaming Portugal é hoje uma máquina relativamente bem oleada, isso acontece em grande parte graças ao seu trabalho.

O Figueiras é um elemento fundamental da Gaming Portugal e a figura mais respeitada da equipa. A sua vida atarefada impede-o de acumular uma posição de maior destaque, embora mesmo se tivesse essa oportunidade o mais certo era ele recusá-la. A sua participação na Gaming Portugal é motivada principalmente pelo gosto por gaming e dá-lhe um prazer especial saber que nesta casa a “independência” é uma característica definidora.

Ele foi a força fundadora por detrás da Gaming Portugal e conseguiu reunir uma equipa competente e muito unida. É principalmente um elemento que trabalha nos bastidores, embora ultimamente vocês o conheçam pelo seu trabalho no podcast juntamente com a NOX e nas transmissões ao vivo.

Adepto do ar livre e dos desportos radicais, nós nunca sabemos se no próximo fim-de-semana ele não irá longe demais, levando a equipa a ficar com um elemento a menos. Quer dizer, o exercício é uma coisa boa, mas quando isso envolve quedas de grandes alturas ou escaladas perigosas, talvez seja melhor ficar em casa a jogar videojogos.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.